anuncie aqui
Notícias recentes
Preço da gasolina sobe em refinarias, mas baixa nos postos, diz ANP

Preço da gasolina sobe em refinarias, mas baixa nos postos, diz ANP

access_time07/07/2018 11:21

Apesar de terem subido nas últimas semanas nas refinarias, nos postos, os preços da gasolina, em val

Sancionada por Bolsonaro, Lei do Orçamento está no Diário Oficial

Sancionada por Bolsonaro, Lei do Orçamento está no Diário Oficial

access_time16/01/2019 07:16

A Lei 13.808, que trata do Orçamento da União e estima receita para o exercício de 2019 em mais de R

México: Procuradoria comandará investigação sobre explosão em oleoduto

México: Procuradoria comandará investigação sobre explosão em oleoduto

access_time21/01/2019 07:19

Por ordem do presidente do México, Andrés López Obrador, a partir desta segunda-feira (21), o procur

Governo Trump é processado por liberar impressão 3D de armas de fogo

Governo Trump é processado por liberar impressão 3D de armas de fogo

access_time02/08/2018 08:04

No mês passado, Cody Wilson e seu grupo sem fins lucrativos Defense Distributed encerraram uma longa batalha jurídica com o governo dos Estados Unidos. Com um acordo, ficou liberada a veiculação de esquemas digitais de armas de fogo, que podem ser baixados via web e montados com impressora 3D por pouco mais de US$ 2 mil. Agora os Estados de Washington, Oregon, Nova York,  Nova Jersey, Connecticut, Pensilvânia, Maryland e Washington, DC vêm se unindo para processar a administração de Donald Trump.

Em 2012, o Defense Distributed, que é um grupo ativista em prol do armamento, postou em sua página os planos para a criação de armas impressa em 3D. As réplicas, feitas de plástico ABS e peças de metal, iam de uma pistola .380, chamada “The Liberator”, a AR-15. Os tutoriais foram copiados mais de 100 mil vezes.

Em seguida, o Departamento de Estado dos Estados Unidos pediu que Wilson e seus asseclas parassem com a distribuição dos papeis, por se tratar de violação do Regulamento Internacional de Tráfico de Armas — documento que regulamenta a exportação de materiais de defesa, serviços e dados técnicos. O seja, as autoridades disseram que alguém em qualquer outro país que não negocia com os ianques poderia baixar o material e fabricar sua própria pistola.

Wilson até chegou a concordar, mas disse que os arquivos já haviam sido baixados um milhão de vezes. Ele processou o governo federal em 2015, com base na Segunda Emenda da Constituição americana, que garante o direito à posse de armas de fogo. Segundo a ação, as pessoas deveriam também poder fabricar seus próprios revólveres ou metralhadoras de plástico.

No final de junho, o governo Trump fez um acordo com Wilson, pagando US$ 40 mil e mais um montante pelas custas judiciais e de registros legais, e liberou a Defense Distributed para publicar planos, arquivos e desenhos 3D em qualquer forma — inclusive isentos das restrições de exportação.

Ação contra a administração federal pede ordem de restrição temporária
Os procuradores-gerais do Partido Democrata dos Estados citados acima se uniram em uma petição que será apresentada em um tribunal de Seattle. O documento prevê uma ordem de restrição temporária em nível nacional e alega que a decisão federal viola os direitos dos governos regionais de regular as armas de fogo.

"Esta medida sem precedentes não apenas é desastrosa para a segurança pública, mas também mina nossas leis estatais destinadas a manter as armas de fogo longe de pessoas perigosas.” Especialistas em segurança temem que as réplicas possam enganar detectores de metais em edifícios públicos e aeroportos.

A polêmica deve continuar, o Defense Distributed tem um plano de divulgação em massa de vários esquemas digitais marcado para esta quarta-feira (01). Enquanto isso, os legisladores democratas criticam o acordo de Trump e exigem uma explicação dos republicanos, que apoiam os direitos dos proprietários de armas.





Por: MASHABLE/MATT BINDER

Outras notícias

Comentários