Spigreen
Notícias recentes
Após decreto de revogação, período proibitivo de queimadas termina em Mato Grosso

Após decreto de revogação, período proibitivo de queimadas termina em Mato Grosso

access_time28/10/2019 22:34

Um decreto publicado na sexta-feira (25), revogou outro do dia 30 de agosto que estendia o período p

Menina é detida com 30 kg de maconha na BR-163 em MT e diz que receberia R$ 4 mil para entregar droga

Menina é detida com 30 kg de maconha na BR-163 em MT e diz que receberia R$ 4 mil para entregar droga

access_time23/08/2018 08:59

Uma menor de idade foi detida em um ônibus pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-163 em Rondon

Presidente interina da Bolívia promete eleições o mais rápido possível

Presidente interina da Bolívia promete eleições o mais rápido possível

access_time14/11/2019 08:10

A autoproclamada presidente interina da Bolívia, Jeanine Áñez, anunciou nesta quarta-feira (13) que,

Grandes bancos da China se preparam para riscos da pandemia
© REUTERS / Jason Lee/Direitos reservados

Grandes bancos da China se preparam para riscos da pandemia

Eles anunciaram aumento de provisões contra dívidas inadimplentes

access_time31/08/2020 10:37

Quatro dos cinco maiores bancos estatais da China informaram que aumentaram suas provisões contra dívidas inadimplentes para se preparar contra perdas futuras devido ao impacto global da pandemia do novo coronavírus.

As cinco instituições relataram as maiores quedas nos lucros em pelo menos uma década e anunciaram aumento nos empréstimos inadimplentes, ao anunciar os resultados semestrais nesse domingo (30) e na semana passada.

Os resultados destacam o impacto da pandemia e da desaceleração econômica sobre os bancos chineses, que no primeiro trimestre contrariaram a tendência global, com lucros maiores e estabilidade nos empréstimos inadimplentes.

O Banco Agrícola da China disse que espera que o impacto da epidemia e o risco de incerteza sejam mais transmitidos ao setor bancário", em seus resultados semestrais.

O China Construction Bank Corp (CCB), o segundo maior credor do país em ativos, afirmou que planeja avaliar os riscos de crédito e aumentar as provisões, assim como declarou o Banco da China.

Ainda mais diretamente, o Banco de Comunicações informou na sexta-feira (28) que aumentou "as provisões para conter o impacto futuro da pandemia".

Enquanto a pandemia atinge as economias em todo o mundo, o Banco da China, o mais internacional dos grandes bancos estatais do país, disse que continuará se protegendo contra os riscos do mercado financeiro global no segundo semestre.





Por: Reuters - Pequim e Xangai

Outras notícias

Comentários