Spigreen
Notícias recentes
Grupo de venezuelanos recolhe pedras na fronteira em Roraima, que segue fechada

Grupo de venezuelanos recolhe pedras na fronteira em Roraima, que segue fechada

access_time01/03/2019 09:57

A fronteira entre Brasil e Venezuela, em Pacaraima (RR), amanheceu fechada nesta sexta-feira (1º) pe

Peixoto de Azevedo realizou desfile cívico de Sete de Setembro com grande presença da população

Peixoto de Azevedo realizou desfile cívico de Sete de Setembro com grande presença da população

access_time08/09/2018 08:58

A Prefeitura Municipal de Peixoto de Azevedo, através da Secretaria de Educação, Assistência Social,

Bombeiros levam cerca de 5 horas para retirar colmeia de escola de música

Bombeiros levam cerca de 5 horas para retirar colmeia de escola de música

access_time01/08/2019 09:12

O Corpo de Bombeiros de Sorriso, a 420 km de Cuiabá, levou cerca de cinco horas para realizar a capt

Greve de servidores da educação de MT completa 2 meses neste sábado
Greve de servidores da educação de MT completa 2 meses neste sábado — Foto: Sintep-MT/Assessoria

Greve de servidores da educação de MT completa 2 meses neste sábado

Ao todo, cerca de 40 mil profissionais trabalham na rede, que possui mais de 390 mil estudantes

access_time27/07/2019 09:16

A greve dos servidores da educação de Mato Grosso completou dois meses neste sábado (27), os profissionais entraram em greve no dia 27 de maio. Durante esse período eles tiveram o ponto cortado pelo Executivo, foram às ruas pedir dinheiro, por causa de dificuldades financeiras, e acamparam e fizeram vigília na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

O governador Mauro Mendes (DEM) se reuniu com alguns deputados estaduais na noite de quinta-feira (25) e atrelou a aprovação do Projeto de Lei Complementar (PLC) 53, que trata da reinstituição dos incentivos fiscais, à melhora das contas públicas para atender as leis de carreiras e a Revisão Geral Anual (RGA), uma das pautas dos profissionais em greve.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), chegou a afirmar que vai realizar sessões no sábado e no domingo (27 e 28), até que o projeto seja aprovado.

O projeto já foi aprovado em primeira votação e, agora, os parlamentares devem discutir novamente o substitutivo apresentado por eles.

Ao todo, cerca de 40 mil profissionais trabalham na rede, que possui mais de 390 mil estudantes.

Entre as reivindicações da categoria está:

  • concessão do pagamento de 7,5% de aumento aos professores e o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA);
  • pagamento de 1/3 de férias proporcional para os professores contratados;
  • concessão de licença-prêmio e licença para qualificação profissional,
  • chamamento do cadastro reserva dos profissionais da educação do último concurso público
  • e um cronograma de obras para a reforma das unidades escolares.
  • O executivo declarou que não tem como conceder o aumento de 7,5%, e que, o pagamento da RGA pode estourar o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal.




Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários