Kurupí
Notícias recentes
Para Osmar Terra, licença-maternidade deve ser de 1 ano

Para Osmar Terra, licença-maternidade deve ser de 1 ano

access_time05/04/2019 07:33

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, disse quinta-feira (4) durante audiência pública na Câmara que

Carreta com mais de 250 porcos tomba e vários animais morrem

Carreta com mais de 250 porcos tomba e vários animais morrem

access_time11/04/2019 07:50

Carreta que transportava mais de 250 suínos tombou no final da tarde desta quarta-feira (10), na MT-

Taxas cobradas pelo Detran-MT para exames psicotécnico e médico ficam mais caras a partir de 1º de janeiro

Taxas cobradas pelo Detran-MT para exames psicotécnico e médico ficam mais caras a partir de 1º de janeiro

access_time27/11/2018 07:51

A partir do dia 1º de janeiro de 2019, as taxas cobradas pelo Departamento de Trânsito de Mato Gross

Homem é preso em 'laboratório' de falsificação de documentos e confessa que atuava há mais de 10 anos
Homem foi preso em 'laboratório' de falsificação de documentos e confessa que atuava há mais de 10 anos — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Divulgação

Homem é preso em 'laboratório' de falsificação de documentos e confessa que atuava há mais de 10 anos

Suspeito foi preso em Goiás e era investigado pela Polícia Civil de MT

access_time03/04/2019 09:20

Um homem foi preso na manhã desta quarta-feira (3) por policiais de Mato Grosso em Aragarças, Goiás, suspeito de falsificação de documentos.

De acordo com a Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derf) de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, que comandou as investigações, Alessandro Alves de Oliveira, de 38 anos, foi flagrado em um 'laboratório' de falsificação de documentos.

Parte da quadrilha que ele participava já havia sido presa em flagrante no mês de fevereiro pelas investigações da Polícia Civil de Mato Grosso, quando tentava vender um terreno em Barra do Garças, utilizando uma procuração falsa.

Na residência de Alessandro os policiais encontraram prova das falsificações, como impressora, HD's, notebook, 104 documentos de identidade aparentando ser falsificadas, carimbos de cartórios oficiais, além de outros diversos documentos.

Os carimbos eram do 4 Tabelionato de Notas de São José do Rio Preto (SP), Cartório do 1º Ofício de Aragarças, Cartório do 2º Ofício de Aragarças e Cartório do 2º Ofício de Barra do Garças.

Papéis em branco e timbrados do Cartório do 2º Ofício de Notas da cidade de Mineiros (GO) também foram apreendidos, além de farta documentação aparentando ter sido falsificada, como contratos, cédulas, certidão de nascimento e óbito, certidões de interior teor, certidões dominais e escrituras de imóveis urbanos/rurais.

Segundo o delegado Wilyney Santana Borges Leal este pode ser o maior laboratório de falsificação de documentos da região do Araguaia. Foram encontrados cópias de escrituras públicas de imóveis situados em todo estado, desde Colniza até São Félix do Araguaia.

O suspeito foi interrogado e confessou as falsificações, dizendo que já atua neste ramo criminoso há mais de 10 anos. Pelos documentos apreendidos é possível afirmar que ele fazia todo o tipo de falsificação.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários