ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Mulheres são presas após tentarem matar homens dentro de motel em MT

Mulheres são presas após tentarem matar homens dentro de motel em MT

access_time14/04/2019 16:25

Duas mulheres foram presas na madrugada deste sábado (13), em Várzea Grande, região metropolitana de

Três mil alunos de MT fazem 1ª prova do Enem virtual no próximo domingo

Três mil alunos de MT fazem 1ª prova do Enem virtual no próximo domingo

access_time30/01/2021 06:11

Três mil alunos de Mato Grosso devem realizar a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (En

Agora ficou mais fácil regularizar seus imóveis urbanos de Peixoto de Azevedo

Agora ficou mais fácil regularizar seus imóveis urbanos de Peixoto de Azevedo

access_time22/05/2019 10:20

Já está valendo a Lei Municipal Nº 1032/2019 que dispõe sobre a alienação de unidades imobiliárias d

Homem foi assassinado no Nortão por vingança de crime que ocorreu há 16 anos, diz delegado

Foto por: (foto: Só Notícias/Lucas Torres/arquivo)

Homem foi assassinado no Nortão por vingança de crime que ocorreu há 16 anos, diz delegado

access_time13/05/2022 08:18

A delegacia de Guarantã do Norte esclareceu o homicídio de Nelson Favoreto, de 46 anos, a golpes de faca, há uma semana, em uma barbearia e indiciou os dois autores pelo crime. Os autores do crime como sendo dois irmãos. E.W.O de 36 anos, preso em flagrante no dia do crime, embriagado, em um bar e o outro envolvido, de 42 anos, que está foragido.

O delegado Lucas Lélis Lopes requereu a prisão do foragido e explicou que o homicídio foi motivado por vingança. Há 16 anos, Nelson matou e ocultou o cadáver de Alan Douglas Wagner de Oliveira, irmão dos indiciados. Desde então, Nelson foi jurado de morte.

Semana passada, os irmãos viram Nelson no salão e passaram a premeditar o crime. Eles foram até a casa dos pais, pegaram duas facas na cozinha, foram a barbearia, cumprimentaram o dono e atacaram a vítima sem que pudesse ter qualquer chance de reação. Eles fugiram em uma caminhonete, conforme registraram as câmeras de segurança e um acabou preso.

Os investigados foram indiciados por homicídio qualificado por motivo torpe, emprego de meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima.





Por: Só Notícias

Outras notícias

Comentários