Camara Peixoto
Notícias recentes
Mike Pence, vice-presidente dos EUA, diz que ele e esposa farão testes do coronavírus

Mike Pence, vice-presidente dos EUA, diz que ele e esposa farão testes do coronavírus

access_time21/03/2020 13:38

Mike Pence, vice-presidente dos EUA, disse que ele e a esposa farão testes do coronavírus. Um membro

Partidos pedem no Supremo a suspensão de ato que aprovou cédula de R$ 200

Partidos pedem no Supremo a suspensão de ato que aprovou cédula de R$ 200

access_time22/08/2020 21:39

O PSB, o Podemos e a Rede Sustentabilidade pediram que o STF reconheça a inconstitucionalidade da de

Seleção feminina perde para Canadá nos pênaltis e dá adeus a Tóquio

Seleção feminina perde para Canadá nos pênaltis e dá adeus a Tóquio

access_time30/07/2021 09:09

A seleção brasileira de futebol feminino deu adeus à Olimpíada de Tóquio (Japão) na manhã desta sext

Homem investigado por homicídio encomendado por facção criminosa é preso pela Polícia Civil

Homem investigado por homicídio encomendado por facção criminosa é preso pela Polícia Civil

Crime ocorreu em setembro de 2021 em frente a uma casa de forró em Peixoto de Azevedo; a vítima foi morta pelas costas

access_time16/05/2022 14:04

A Polícia Civil em Peixoto de Azevedo prendeu nesta segunda-feira (16.05) um homem investigado por cometer homicídio, por encomenda, em razão de uma dívida no valor de R$ 3.000,00 com uma facção criminosa, no norte de Mato Grosso.

O homicídio ocorreu em 11 de setembro do ano passado. A vítima, Francisco Chagas dos Santos Silva Júnior, de 35 anos, foi morta na frente de uma casa de forró, no bairro Mãe de Deus. Ele foi atingido pelas costas e na região da nuca por disparos de arma de fogo de calibre .38 e morreu ainda no local.

O crime teria sido encomendado para quitar uma dívida que o suspeito tinha com a facção criminosa.

O mandado de prisão foi cumprido na divisa dos municípios de Peixoto de Azevedo e Matupá, depois do autor ficar foragido por cinco meses.

O delegado Geordan Fontenele explica que as investigações prosseguem para coletar mais informações e chegar à prisão de outros envolvidos no homicídio.

Após a formalização do mandado de prisão, o autor do homicídio será encaminhado à unidade prisional do município.





Por: Assessoria | Polícia Civil-MT

Outras notícias

Comentários