Spigreen
Notícias recentes
Jovem desenha pênis em capô de viatura em pátio de delegacia e é detido em MT

Jovem desenha pênis em capô de viatura em pátio de delegacia e é detido em MT

access_time11/07/2018 10:04

Um jovem foi detido na noite dessa terça-feira (10) depois de ser flagrado desenhando um pênis no ca

Justiça mantém prisão de acusado de matar engenheira em briga de trânsito

Justiça mantém prisão de acusado de matar engenheira em briga de trânsito

access_time22/08/2020 06:41

A Justiça acatou o pedido da defesa de Jackson Furlan e retirou a acusação de tentativa de homicídio

Laudo indica que bancária que fez procedimento com o Dr. Bumbum morreu de embolia pulmonar

Laudo indica que bancária que fez procedimento com o Dr. Bumbum morreu de embolia pulmonar

access_time02/08/2018 08:23

Um laudo do Instituto Médico Legal do Rio indica que a bancária Lilian Calixto morreu de embolia pul

Homem morre após ter 90% do corpo queimado por ex-companheiro de amigo
Promotor de eventos morreu após e-x de amigo atear fogo no corpo dele (Foto: Arquivo Pessoal)

Homem morre após ter 90% do corpo queimado por ex-companheiro de amigo

Gilson Oliveira, de 42 anos, estava internado desde a quarta-feira (13) e morreu no sábado (16). O autor do ataque teria cometido o crime por ciúmes e ainda está foragido

access_time19/06/2018 06:56

O promotor de eventos, Gilson Oliveira, de 42 anos morreu no sábado (16), no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Pronto Socorro de Cuiabá. Ele teve 90% do corpo queimado, após Wanderson Luiz Vieira jogar álcool e atear fogo nele, na quarta-feira (13), em Figueirópolis d'Oeste, a 402 km da capital.

Gilson estava visitando o servidor público, Augusto César Barbosa, de quem era amigo há muitos anos, quando Wanderson, que é ex-companheiro de Augusto, chegou ao local.

De acordo uma amiga das vítimas, que não quis se identificar, Wanderson teria ficado com ciúmes ao ver Gilson na casa de Augusto e começou a ameaçar os dois com uma faca.

Em determinado momento, Wanderson teria jogado álcool em Gilson e ateado fogo. Na tentativa de ajudar o amigo, Augusto também se feriu.

O fogo se espalhou pelos móveis e atingiu parte da casa. Os dois foram socorridos e levados para o hospital de Jauru, a 463 km de Cuiabá e 22 km de Figueirópolis, respectivamente.

Augusto teve queimaduras no braço e nas mãos, foi atendido e liberado no mesmo dia. Gilson, porém, teve queimaduras graves e foi encaminhado para o Hospital Regional de Cáceres, a 220 Km de Cuiabá, onde ficou internado por dois dias.

De lá, ele foi transferido para o CTQ, na capital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O corpo de Gilson foi velado e enterrado em São José dos Quatro Marcos, a 343 km da capital, onde mora a família dele.

A polícia busca o suspeito, que continua foragido.





Por: Lidiane Moraes, G1 MT

Outras notícias

Comentários