Banner Outras
Notícias recentes
Ataques a duas mesquitas deixam mais de 40 de mortos na Nova Zelândia

Ataques a duas mesquitas deixam mais de 40 de mortos na Nova Zelândia

access_time15/03/2019 07:06

Ataques a tiros simultâneos contra duas mesquitas na cidade de Christchurch, na ilha sul da Nova Zel

Horário de verão vai começar no mesmo dia da primeira prova do Enem

Horário de verão vai começar no mesmo dia da primeira prova do Enem

access_time17/10/2018 15:40

Com a confirmação de que o horário de verão começará no primeiro dia de prova do Exame Nacional do E

Alunos da UFMT fazem greve contra mudanças na alimentação e cortes no orçamento

Alunos da UFMT fazem greve contra mudanças na alimentação e cortes no orçamento

access_time09/05/2018 10:11

Alunos da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) decidiram em assembleia geral nessa terça-feira

Homem procurado por estupro é preso em MT com 115 pedras de diamante escondidas no tênis

Homem procurado por estupro é preso em MT com 115 pedras de diamante escondidas no tênis

Flagrante ocorreu durante fiscalização em ônibus ao qual o homem era passageiro. Ele disse que pagou R$ 18 mil pelas pedras e que as venderia por um preço maior

access_time10/07/2018 08:40

Um homem foi preso nessa segunda-feira (9) com mais de 100 pedras de diamante, na BR-364, em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o homem tem 53 anos e era procurado pelo crime de estupro de vulnerável. O nome dele não foi divulgado.

Os policiais vistoriavam veículos pela rodovia e abordaram um ônibus de viagem. O veículo fazia a linha Porto Velho (RO) para São Paulo. O homem foi revistado e os policiais descobriram que havia um mandado de prisão contra ele pelo crime de estupro de vulnerável.

Dentro de um dos tênis que ele usava, a PRF localizou 115 pedras preciosas. Ao ser interrogado, o passageiro disse que eram diamantes que ele comprou na cidade de Cacoal (RO). Também disse que pagou R$ 18 mil pelas pedras e que as venderia por um preço maior.

O passageiro e as pedras foram encaminhados para a Polícia Federal de Rondonópolis. Ainda conforme a PRF, ele vai responder pelo crime de usurpação de matéria prima ou bem da União.

Os diamantes foram apreendidos porque o passageiro não tinha nenhum nota ou guia de trânsito, que é necessário para transportar pedras preciosas de um estado para outro.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários