Banner Outras
Notícias recentes
Fed se reúne para decidir sobre taxa de juros após críticas de Trump

Fed se reúne para decidir sobre taxa de juros após críticas de Trump

access_time31/07/2018 08:01

O Federal Reserve deve manter as taxas de juros nesta quarta-feira (1), mas sólido crescimento econô

Mulher morre eletrocutada ao mexer em aparelho de som enquanto lavava roupa

Mulher morre eletrocutada ao mexer em aparelho de som enquanto lavava roupa

access_time10/04/2019 09:44

Uma mulher de 33 anos morreu, na terça-feira (9), após receber uma descarga elétrica enquanto lavava

Macri busca respaldo politico para conter crise na Argentina

Macri busca respaldo politico para conter crise na Argentina

access_time14/05/2018 07:30

O indiano Anoop Singh ficou surpreso com o nível de informação dos argentinos, durante sua visita a

Ibama aplica multa de R$13,7 milhões por desmate ilegal em 4 fazendas no norte de MT
Ibama aplicou multa de R$13,7 milhões por desmate ilegal em 4 fazendas no norte de Mato Grosso (Foto: Ibama)

Ibama aplica multa de R$13,7 milhões por desmate ilegal em 4 fazendas no norte de MT

Quatro fazendas foram autuadas por destruir floresta nativa da Amazônia, área sujeita a regime especial de proteção

access_time12/06/2018 07:23

Um desmate ilegal de 2,6 mil hectares no norte de Mato Grosso foi identificado pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). O órgão divulgou nessa segunda-feira (11) que aplicou multa de R$ 13,7 milhões em quatro fazendas no norte de Mato Grosso.

A situação foi descoberta através de uma metodologia criada pelo Ibama em parceria com a Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial (Jaxa).

A infração foi confirmada durante inspeção realizada por agentes do Ibama e técnicos da Jaxa com drones para validar dados gerados por satélite. Quatro fazendas foram autuadas por destruir floresta nativa da Amazônia, área sujeita a regime especial de proteção.

Em uma das propriedades, localizada entre Itaúba e Cláudia, municípios a 599 e 608 km de Cuiabá, os 785 hectares desmatados estavam localizados em uma reserva legal. Na Amazônia, os imóveis rurais devem manter no mínimo 80% da cobertura florestal nativa.

Desenvolvida com apoio das agências de cooperação internacional brasileira (ABC) e japonesa (Jica), a metodologia que permitiu detectar o corte raso em Mato Grosso usa satélite com sensores de radar capazes de identificar alterações de cobertura vegetal através de nuvens.

Esse conhecimento é usado pela Jaxa para monitorar florestas tropicais em 77 países. Dados obtidos a partir de 2016 apontam o desmatamento de aproximadamente 1,3 mil km² em toda a Amazônia.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários