anuncie aqui
Notícias recentes
Justiça do Trabalho determina bloqueio de R$ 800 milhões da Vale

Justiça do Trabalho determina bloqueio de R$ 800 milhões da Vale

access_time28/01/2019 13:31

A pedido do Ministério Público do Trabalho em Minas Gerais (MPT-MG), a Justiça do Trabalho autorizou

Dias 05 e 06 tem Cine Gazin em Peixoto de Azevedo

Dias 05 e 06 tem Cine Gazin em Peixoto de Azevedo

access_time31/10/2018 09:01

O Caminhão da Gazin que se transforma numa encantadora sala de cinema já está na estrada a caminho d

Família do jogador Valdívia é mantida refém por 4 horas durante roubo a residência em MT

Família do jogador Valdívia é mantida refém por 4 horas durante roubo a residência em MT

access_time16/05/2018 18:48

A família do jogador Valdívia, do São Paulo, foi mantida refém por quatro horas durante um assalto a

Idosa de 92 anos morre após ser estuprada e espancada por homem que pintou a casa dela em MT
Alexandro Antunes de Oliveira da Silva foi preso em Nobres e negou o estupro — Foto: Polícia Militar de Mato Grosso/Divulgação

Idosa de 92 anos morre após ser estuprada e espancada por homem que pintou a casa dela em MT

Suspeito foi preso; ele usava tornozeleira eletrônica e ficou 2 horas dentro da casa da vítima. Idosa estava em estado grave e morreu antes de ser transferida para outro hospital

access_time18/03/2019 09:34

Uma idosa, de 92 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira (18) depois de ser espancada e estuprada por um homem dentro da casa dela no domingo (17) em Nobres, a 151 km de Cuiabá.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a filha da idosa encontrou a mãe caída no chão e machucada logo depois do estupro.

O suspeito, identificado como Alexandro Antunes de Oliveira da Silva, de 29 anos, foi preso e negou o crime. Alexandro era monitorado por tornozeleira eletrônica. O setor de rastreamento do equipamento apontou que ele ficou duas horas dentro da casa da vítima.

De acordo com a PM, o estupro ocorreu no Bairro Jardim Paraná. A filha da vítima encontrou a idosa por volta de 6h. A idosa, mesmo debilitada, conseguiu dar detalhes à filha sobre quem havia cometido o ataque. Um dos chinelos do suspeito foi deixado no local do crime.

A idosa foi socorrida em estado grave ao Hospital e Maternidade Laura de Vicuna, em Nobres. O hospital disse ao G1 que a paciente foi atendida e aguardava transferência, no entanto, não resistiu a morreu às 2h desta segunda-feira.

Alexandro foi encontrado pelos policiais em uma chácara às margens do Rio Cuiabá, em uma região conhecida como Pindura.

Ainda conforme a PM, o suspeito foi reconhecido pela filha da vítima. Ela afirmou que ele prestou serviços de pintura na casa da idosa dias antes do crime.

Ao ser questionado sobre o estupro o suspeito negou ter atacado a idosa. Ele já tinha antecedentes criminais e era monitorado por tornozeleira eletrônica. Alexandro foi levado à Polícia Civil.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários