anuncie aqui vermelho
Notícias recentes
Moradora de rua é morta a pedradas às margens de rio em Cuiabá

Moradora de rua é morta a pedradas às margens de rio em Cuiabá

access_time10/12/2018 00:39

Uma moradora de rua foi assassinada a pedradas no final da manhã deste domingo (9), na região do Bai

Preso corretor acusado de mandar matar empresário; atirador também morreu

Preso corretor acusado de mandar matar empresário; atirador também morreu

access_time02/12/2020 08:34

A Polícia Civil acaba de confirmar, ao Só Notícias, que um corretor de imóveis, de 36 anos, foi pres

MT é o 4º estado que mais usa energia solar no país

MT é o 4º estado que mais usa energia solar no país

access_time18/06/2021 15:58

Mato Grosso está em 4° lugar no ranking de geração de energia solar no país, ficando atrás apenas de

Indústria pornô amplia audiência com isolamento devido ao coronavírus
Sites pornôs registram aumento de acessos no período de quarentena do coronavírus — Foto: Marcelo Brandt/G1

Indústria pornô amplia audiência com isolamento devido ao coronavírus

Mudança na rotina também aumentou nº de assinaturas e de acessos a conteúdos

access_time23/03/2020 07:01

Além de cursos online e aulas no Instagram, os brasileiros estão ocupando o seu tempo de quarentena em sites pornôs. A prova disso é que os canais estão registrando um aumento no número de acessos e assinaturas.

O número de visitas do Sexy Hot aumentou 31% no período de 14 a 19 de março, se comparado aos dias 7 e 12 do mesmo mês.

O número de usuários também subiu 25% no período acima e a quantidade de vídeo views aumentou 15%.

A plataforma decidiu disponibilizar 10 filmes nacionais e internacionais no site e nos canais por assinatura.

"Queremos colaborar com a permanência das pessoas em casa, oferecendo mais opções de entretenimento e conteúdo de qualidade", explica a diretora-geral do Grupo Playboy do Brasil, Cinthia Fajardo.

Mais assinaturas
Nesta semana, a produtora de vídeo Brasileirinhas chegou a duplicar o número de assinaturas por dia.

“Nossa média sempre foi de 300 assinaturas por dia, mas desde terça está chegando a 600”, afirmou Clayton Nunes, CEO da produtora, ao G1.

Quando perguntado se pretende disponibilizar filmes gratuitos ou fazer alguma ação para este período de coronavírus, Nunes é categórico.

"Sou contra pornografia gratuita, porque acho que isto é para quem tem renda. Disponibilizando gratuitamente crianças e adolescentes irão ter acesso", explica.

Nunes explica que o consumo de conteúdo adulto se concentra nas horas vagas, por isso é o normal que o consumo aumente na quarentena.

"Como as pessoas estão de quarentena é natural que o consumo aumente. O tempo livre causa esse comportamento", afirma.

Aumento global
Não é só no Brasil que as pessoas têm procurado mais esses sites. O Porn Hub, um dos mais famosos sites do entretenimento adulto do mundo, registrou um aumento global de acessos.

A empresa até disponibilizou um especial de dados sobre consumo na época de coronavírus em seu site de resultados.

No nível global, o número de acessos tem aumentado diariamente. Na terça-feira (17), o gráfico registrava o aumento de 11,6% em comparação a um dia médio, segundo o Porn Hub.

Desde o dia 12 de março, o gráfico que mostra os acessos no Brasil também aumentam. Na última terça, o tráfego no site era 13,1% maior que um dia normal.





Por: Gabriela Sarmento / G1

Outras notícias

Comentários