Spigreen
Notícias recentes
Câmara aprova texto-base da reforma da Previdência

Câmara aprova texto-base da reforma da Previdência

access_time11/07/2019 09:26

Depois de oito horas de debates, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou, em primeiro turno, o te

Paciente internado com coronavírus foge de hospital e é detido pela polícia

Paciente internado com coronavírus foge de hospital e é detido pela polícia

access_time21/05/2020 10:59

Um paciente que estava internado com coronavírus (Covid-19) fugiu de um hospital particular onde est

Presidente da Tóquio-2020 visita centro LGBTQ e enfatiza diversidade

Presidente da Tóquio-2020 visita centro LGBTQ e enfatiza diversidade

access_time27/04/2021 16:27

A presidente do comitê dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, Seiko Hashimoto, visitou o primeiro centro L

Influencer recebe multa de condomínio

Influencer recebe multa de condomínio

access_time14/05/2021 07:08

A influencer Gle Marquez registrou em suas redes sociais uma multa que recebeu do condomínio onde mora em São Paulo por usar roupas consideradas "inapropriadas" nas áreas comuns. "Chegou uma multa do meu condomío e quero que vocês advinhem do que é", começou ela em uma série de vídeos. Após receber sugestões - erradas - de seus seguidores, Gle resolveu ler a carta.

"Ficou constatado que você está utilizando roupas inadequadas nas áreas comuns do condomínio, informamos que tal conduta vai contra o regulamento condominial em vigência, além de trazer grande desconforto aos demais moradores", diz um trecho.

Gle continuou seus vídeos revoltada: "Pronto, agora a beirada do meu c* agora é desconforto para os outros. Desci só para tirar foto e subi muito rápido. Eu fui lá pro fundo, no meio das plantas. Não parece, mas tenho vergonha de os outros ficarem me vendo, tirei a foto e subi correndo. Mas não tem justificativa, você não tem que justificar a roupa que está usando."

Ela aproveitou para mostrar a roupa em questão: uma espécie de biquíni com amarrações e uma saia com transparência. Na sequência, mostrou também o regulamento que teria desrespeitado, que diz: 'É recomendado apresentar-se ou transitar pelo hall, corredores e demais dependências comuns do condomínio trajando-se de forma respeitosa, evitando-se exageros e constrangimento perante os demais condôminos'.

Gle afirmou ainda que pretende tomar medidas legais. "Mas não vou deitar, vou atrás dos meus direitos, abrir um processo por danos morais. Achei isso um absurdo, desculpa se você não acha."

Mais tarde, ela desceu até a portaria para conversar com o síndico e afirmou que ele permitiu que ela retirasse a notificação e não pagasse a multa, mas ela optou por seguir como está e entrar com um processo. "Ele disse que eu posso retirar para não me causar conflitos, mas aí é que está, já causou, não vou retirar nada não", garantiu.





Por: QUEM

Outras notícias

Comentários