ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Receita registra, em maio, melhor desempenho arrecadatório desde 2000

Receita registra, em maio, melhor desempenho arrecadatório desde 2000

access_time29/06/2021 10:54

A Receita Federal arrecadou R$ 142,106 bilhões em impostos e contribuições federais em maio. Descont

OMS: não há expectativa de vacinação até início de 2021

OMS: não há expectativa de vacinação até início de 2021

access_time23/07/2020 07:54

Pesquisadores têm alcançado progresso no desenvolvimento de vacinas contra a covid-19, com alguns es

Produtores de MT investem em tecnologia e iluminação para aumentar produção de aves

Produtores de MT investem em tecnologia e iluminação para aumentar produção de aves

access_time26/08/2019 07:21

Criadores de frango da região Oeste do estado investem em tecnologia e iluminação para melhorar a pr

Investigação mostra que homem morto em barbearia em Guarantã do Norte matou e ocultou corpo de irmão dos suspeitos, diz polícia
Nelson Favoreto, de 43 anos, foi esfaqueado por dois homens enquanto aguardava atendimento em uma barbearia
Foto por: Reprodução

Investigação mostra que homem morto em barbearia em Guarantã do Norte matou e ocultou corpo de irmão dos suspeitos, diz polícia

Crime aconteceu no dia 5 deste mês e o inquérito foi concluído em uma semana pela Polícia Civil.

access_time13/05/2022 08:23

Investigações da Polícia Civil mostram que a o assassinato de Nelson Favoreto, de 42 anos, em uma barbearia de Guarantã do Norte, a 721 km de Cuiabá, teria sido motivada por vingança. O homem assassinado teria matado e ocultado o corpo de um irmão dos suspeitos há 16 anos atrás, segundo a polícia.

O crime aconteceu na última quinta-feira (5), dois homens entraram em uma barbearia e atacaram com faca um dos clientes do estabelecimento. A polícia disse que as investigações apontaram que o crime foi motivado por vingança.

Segundo o delegado que investigou o crime, Lucas Lelis Lopes, em 2006, Nelson teria matado e ocultado o cadáver de um irmão dos dois homens que agora o mataram.

Conforme o delegado, no dia do assassinato de Nelson, os irmão passaram e pela barbearia e visualizaram Nelson no local. Então, foram até a casa dos pais e cada um pegou uma faca. Os irmão, então, retornaram ao salão e desferiram golpes contra Nelson.

Por conta disso, o delegado disse que os homens responderão pelos crimes de homicídio doloso, com as qualificadoras de: motivo torpe; emprego de meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima.

As investigações foram concluídas e o inquérito foi encaminhado ao Poder Judiciário.

Ação gravada

A ação dos suspeitos foi gravada pelas câmeras de segurança do salão.

As imagens mostram que na barbearia havia várias pessoas, além da vítima aguardando atendimento. Em seguida, dois homens desceram de uma caminhonete, em frente ao estabelecimento, e entraram no salão.

Eles aparentaram ser clientes e não chamara a atenção das outras pessoas que estavam no local.

Em seguida, os dois homens tiraram uma faca da cintura e golpearam Nelson Favoreto.

O homem até chegou a se levantar depois dos ferimentos para se defender, mas não conseguiu e morreu no local.





Por: Por Thiago Andrade e Gustavo Nolasco, g1 MT e TV Centro América

Outras notícias

Comentários