anuncie aqui
Notícias recentes
Com recursos próprios Prefeitura de Matupá revitaliza UBS Central

Com recursos próprios Prefeitura de Matupá revitaliza UBS Central

access_time09/01/2019 09:19

Foi concluída a obra de reforma, ampliação e adequação da Unidade Básica de Saúde Central de Matupá-

'Relacionamento veio para ficar', diz Bolsonaro sobre escritório comercial do Brasil em Jerusalém

'Relacionamento veio para ficar', diz Bolsonaro sobre escritório comercial do Brasil em Jerusalém

access_time02/04/2019 09:42

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira (2), em um evento com empresários israelenses, q

MT ainda tem 4 pontos de manifestação de caminhoneiros em rodovias federais, diz PRF

MT ainda tem 4 pontos de manifestação de caminhoneiros em rodovias federais, diz PRF

access_time30/05/2018 18:57

Os caminhoneiros ainda fazem manifestação em quatro pontos em rodovias federais em Mato Grosso, segu

Jovem com doença rara que dava palestras sobre superação morre em hospital em Cuiabá
Sérgio Luiz Ferreira da Silva, conhecido como Serginho, morreu em Cuiabá (Foto: TV Centro América)

Jovem com doença rara que dava palestras sobre superação morre em hospital em Cuiabá

Ele estava internado no Hospital Universitário Júlio Müller. Segundo a famíla dele, o menino teve duas crises de anemia e três tumores nas costas.

access_time02/07/2018 08:28

Sérgio Luiz Ferreira da Silva, de 19 anos, conhecido como Serginho, que nasceu com epidermólise bolhosa, doença genética rara caracterizada por grande sensibilidade na pele, morreu na noite desse domingo (1º), em Cuiabá.

O jovem estava internado no Hospital Universitário Júlio Müller, na capital. Segundo a famíla dele, o menino teve duas crises de anemia e três tumores nas costas.

O velório começou na manhã desta segunda-feira (2) na Capela Santo Antônio, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. O enterro está previsto a partir de 16h.

Serginho, que tinha a aparência de uma criança, deu exemplo de superação e motivou outras pessoas a valorizarem mais a vida. Ele deu palestras sobre a árdua trajetória e mostrou que era possível superar as limitações.

No caso dele, numa cadeira de rodas e com dores constantes em função das feridas por todo o corpo em razão da doença. Uma das principais vitórias de Serginho foi conseguir estudar.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários