ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
GAECO faz operação Pectina combatendo crimes ambientais; 10 investigados no Nortão

GAECO faz operação Pectina combatendo crimes ambientais; 10 investigados no Nortão

access_time25/09/2023 18:01

A Operação Pectina contra fraudes no uso de créditos florestais virtuais que beneficiaram empresas m

Morre no hospital jovem ferido após ser prensado em maquinário em fazenda no Nortão

Morre no hospital jovem ferido após ser prensado em maquinário em fazenda no Nortão

access_time20/09/2023 10:09

Edson dos Santos Campos, 23 anos, faleceu, ontem, no Hospital Geral de Cuiabá, em decorrência de um

Menino de 8 anos cai em rio e morre afogado em Guarantã

Menino de 8 anos cai em rio e morre afogado em Guarantã

access_time09/01/2024 09:45

Um menino de 8 anos morreu afogado após cair no rio 22, em Guarantã do Norte, na segunda-feira (08).

Juiz determina prisão preventiva de engenheiro que projetou túnel para a PCE
Engenheiro é de Rondonópolis e foi preso na quarta-feira, 25

Juiz determina prisão preventiva de engenheiro que projetou túnel para a PCE

Outras 21 ordens judiciais foram cumpridas em Cuiabá, Rondonópolis, Salvador (BA) e Oieiras (PI)

access_time27/01/2023 12:35

O engenheiro Anderson Ramos da Cruz, preso na quarta-feira (25) por projetar a escavação de um túnel para a fuga em massa de presos da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá, teve a prisão convertida para preventiva, em audiência de custódia realizada nessa quinta-feira (26). A decisão é do juiz Wagner Plaza Machado Junior, da 1ª Vara Criminal de Rondonópolis.

Ele foi um dos alvos da Operação Armadilho, desencadeada contra integrantes da organização criminosa responsável pela execução de plano de fuga do Presídio Central do Estado (PCE), na região do Distrito Industrial, em Cuiabá. A plano foi descoberto em setembro de 2022 pela polícia.

Outras 21 ordens judiciais foram cumpridas em Cuiabá, Rondonópolis, Salvador (BA) e Oieiras (PI).

Conforme o delegado Frederico Murta, responsável pelo inquérito, nesta segunda fase da investigação foram presos integrantes da organização criminosa responsáveis por toda a logística do plano de escavação do túnel, desde o recrutamento dos escavadores (presos anteriormente) à execução da obra.

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) apurou ainda que foi realizada a simulação de venda do imóvel utilizado para dar início ao túnel, bem como a participação efetiva do engenheiro investigados.

A casa usada como base para escavação do túnel, no Jardim Industriário, em Cuiabá, foi sequestrada judicialmente.





Por: APARECIDO CARMO DO REPÓRTER MT

Outras notícias

Comentários