Spigreen
Notícias recentes
Mortes confirmadas por ebola chegam a 32 no Congo

Mortes confirmadas por ebola chegam a 32 no Congo

access_time22/08/2018 07:43

O Ministério da Saúde da República Democrática do Congo informou que pelo menos 32 pessoas já morrer

Hoje (29) haverá Sessão Ordinária na Câmara de Vereadores de Peixoto

Hoje (29) haverá Sessão Ordinária na Câmara de Vereadores de Peixoto

access_time29/10/2019 14:50

O presidente da Câmara Gilmar Santos e os vereadores convidam toda a população para acompanhar a ses

Interrupção de energia e variação no valor da fatura geram 700 mil reclamações em um ano em MT

Interrupção de energia e variação no valor da fatura geram 700 mil reclamações em um ano em MT

access_time29/11/2018 12:58

Foram registradas 700 mil reclamações quanto aos serviços de energia elétrica em Mato Grosso, entre

Juiz entende legítima defesa e arquiva inquérito de jovem que matou namorado após levar tapa no rosto
Dayane Reis Hipólito Araruna confessou ter matado o namorado com faca durante festa (Foto: Facebook/Reprodução)

Juiz entende legítima defesa e arquiva inquérito de jovem que matou namorado após levar tapa no rosto

Golpe de faca no pescoço foi entendido pela Justiça como legítima defesa, já que o rapaz tinha agredido a jovem. À época, ela confessou o crime e se entregou espontaneamente à polícia e foi liberada

access_time11/09/2018 10:23

A Justiça arquivou o inquérito que apurava a morte de Isaque dos Santos Morais, em agosto de 2017, em Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá. A namorada da vítima, Dayane Reis Hipólito Araruna, de 23 anos, se apresentou à polícia dias após o crime.

À época, ela confessou a autoria do assassinato alegando legítima defesa. No entanto, foi liberada por falta de flagrante.

De acordo com a decisão do juiz Evandro Juarez Rodrigues, ela agiu em legítima defesa, já que havia sido agredida pelo namorado com um tapa no rosto.

Testemunhas disseram à polícia que Dayane participava da festa de aniversário, quando Isaque chegou ao evento. Os dois começaram uma discussão e Isaque deu um tapa no rosto de Dayane.

Em seguida, ainda conforme as testemunhas, ela pegou uma faca e golpeou o pescoço do namorado. Ela fugiu do local.

Isaque foi socorrido e morreu durante o atendimento no hospital.

A Polícia Civil de Peixoto de Azevedo concluiu o inquérito em dia 22 de fevereiro de 2018 e indiciou Dayane por lesão corporal seguida de morte.

Contudo, no dia 23 de julho deste ano, o juiz da Comarca de Peixoto publicou o arquivamento do processo.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários