ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
'Tentamos salvá-lo', diz morador que viu piloto cair com paramotor em lago em MT e morrer

'Tentamos salvá-lo', diz morador que viu piloto cair com paramotor em lago em MT e morrer

access_time08/01/2020 08:54

Um morador de Primavera do Leste, disse que ele e outras pessoas que passavam próximo ao lago onde o

Com colapso na saúde, Venezuela está sob 'emergência humanitária complexa', diz ONG norte-americana

Com colapso na saúde, Venezuela está sob 'emergência humanitária complexa', diz ONG norte-americana

access_time04/04/2019 08:02

A Venezuela está sob "emergência humanitária complexa", afirma relatório da ONG norte-americana Huma

Nota de Esclarecimento da Câmara de Vereadores de Peixoto de Azevedo

Nota de Esclarecimento da Câmara de Vereadores de Peixoto de Azevedo

access_time04/07/2022 15:55

Após vários comentários a respeito de que os vereadores da Câmara Municipal teriam feito uma sessão

Justiça autoriza volta de ex-procurador de Cuiabá ao cargo após afastamento por suspeita de desvio de recursos
Ex-procurador de Cuiabá, Marcus Brito — Foto: Prefeitura de Cuiabá

Justiça autoriza volta de ex-procurador de Cuiabá ao cargo após afastamento por suspeita de desvio de recursos

Marcus Brito foi afastado em setembro do ano passado, quando a operação Ovelap foi deflagrada

access_time29/04/2021 08:00

A Justiça de Mato Grosso autorizou, nessa terça-feira (27), o ex-procurador-geral de Cuiabá Marcus Brito a retornar ao cargo após afastamento dele por ser alvo da operação Ovelap, deflagrada em setembro do ano passado. A decisão foi deferida pela juíza Ana Cristina Silva Mendes, da 7ª Vara Criminal da capital.

Brito foi afastado na época. A operação, deflagrada pela Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (DECCOR), Grupo de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime (Gaeco), apura desvios ocorridos na Secretaria de Educação de Cuiabá.

As investigações apontaram duplicidade nas licitações identificadas, fazendo com que o município pagasse duas vezes pelo mesmo serviço.

Atualmente ele segue impedido apenas de assumir o cargo de secretário municipal de Comunicação e Inovação de Cuiabá.

Brito é investigado por supostamente favorecido o sócio, o ex-secretário de Educação de Cuiabá Alex Vieira Passos, na contratação de cursinho pré-vestibular na secretaria de Inovação e Comunicação.

Ele foi nomeado secretário Municipal de Inovação e Comunicação e em setembro de 2019 foi para o cargo de procurador-geral de Cuiabá.





Por: Ianara Garcia, TV Centro América

Outras notícias

Comentários