Camara Peixoto
Notícias recentes
Adolescente é sequestrada e tem o cabelo pintado por suspeito para dificultar identificação da polícia

Adolescente é sequestrada e tem o cabelo pintado por suspeito para dificultar identificação da polícia

access_time30/09/2021 10:21

Uma adolescente de 15 anos foi resgatada pela Polícia Militar, na terça-feira (28), após ser mantida

Prazo para matrículas em escolas estaduais é prorrogado em MT

Prazo para matrículas em escolas estaduais é prorrogado em MT

access_time08/01/2021 06:20

O prazo para novas matrículas na rede estadual de ensino foi prorrogado pela Secretaria de Educação

Sem um '9', Grêmio tenta garantir 2ª melhor campanha da Libertadores

Sem um '9', Grêmio tenta garantir 2ª melhor campanha da Libertadores

access_time23/05/2018 07:10

Três meses depois, o Grêmio irá viver um cenário semelhante ao primeiro jogo da Libertadores, contra

Justiça determina fechamento de pontos turísticos para evitar aglomeração em Pontes e Lacerda
Balneário Beira Rio, em Pontes e Lacerda — Foto: Facebook/Reprodução

Justiça determina fechamento de pontos turísticos para evitar aglomeração em Pontes e Lacerda

Município ainda deve fiscalizar diariamente os dois locais, com intensificação nos finais de semana e feriados

access_time10/06/2020 14:40

A Justiça determinou nessa terça-feira (9) o fechamento do Terminal Turístico e ao Balneário Beira Rio, em Pontes e Lacerda, para evitar aglomeração de pessoas e o risco de disseminação do novo coronavírus, no prazo de 24 horas. Apenas eventuais moradores e autoridades públicas poderão ter acesso ao local.

A reportagem tentou, mas não conseguiu manter contato com a Prefeitura de Pontes e Lacerda até a publicação desta reportagem.

A decisão foi dada com base em uma Ação Civil Pública (ACP) proposta pelo Ministério Público Estadual (MPE).

Conforme a decisão judicial, o município deverá fiscalizar diariamente os dois locais, com intensificação nos finais de semana e feriados.

Além disso, terá que promover a divulgação sobre o fechamento e fiscalização dos locais citados em todos os canais de comunicação para que a sociedade local tenha conhecimento da proibição.

O descumprimento da decisão pode acarretar em multa à administração municipal.

Na ação, o MP diz que no domingo (7) houve intensa aglomeração no Balneário Beira Rio sem qualquer espécie de fiscalização ostensiva por parte do Poder Executivo Municipal.

Segundo o Ministério Público, a medida é necessária principalmente por causa do feriado prolongado que ocorrerá a partir desta quinta-feira.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários