Spigreen
Notícias recentes
Cobra de 4 metros é capturada em esgoto na Tailândia

Cobra de 4 metros é capturada em esgoto na Tailândia

access_time15/10/2019 11:04

Uma cobra-rei de quatro metros foi retirada do esgoto no sul da Tailândia. A fundação Krabi Pitakpra

Conheça as obrigações do microempreendedor individual

Conheça as obrigações do microempreendedor individual

access_time17/05/2018 07:14

O Microempreendor Individual (MEI) é um regime tributário criado para facilitar a vida do pequeno em

Fiscais flagram desmate no Pantanal e aplicam multa de mais de R$ 1 milhão em MT

Fiscais flagram desmate no Pantanal e aplicam multa de mais de R$ 1 milhão em MT

access_time29/05/2018 07:45

Fiscais da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema-MT) flagraram o início de um desmate de uma á

Justiça mantém prisão de acusado de matar engenheira em briga de trânsito
Julia Barbosa de Souza, de 28 anos, era passageira da caminhonete dirigida pelo namorado dela em Sorriso — Foto: Instagram/Reprodução

Justiça mantém prisão de acusado de matar engenheira em briga de trânsito

Justiça retirou a acusação de tentativa de homicídio contra Vitor Giglio Brantis Fioravante, namorado da vítima

access_time22/08/2020 06:41

A Justiça acatou o pedido da defesa de Jackson Furlan e retirou a acusação de tentativa de homicídio contra Vitor Giglio Brantis Fioravante, mas manteve a prisão do réu pelo homicídio contra a engenheira agrônoma Julia Barbosa de Souza em Sorriso.

O crime aconteceu em novembro do ano passado, quando Julia e Vitor, que eram namorados, estavam em uma caminhonete em uma avenida de Sorriso.

O casal teria sido perseguido depois de ultrapassar outra caminhonete, dirigida por Jackson. Quando foi ultrapassado, o motorista desse veículo teria ficado irritado. Ele buzinou diversas vezes e queria que o casal parasse o veículo.

Eles foram perseguidos pelo motorista até que, em determinado momento, o suspeito sacou uma arma e disparou. O tiro atingiu a cabeça da vítima.

Em interrogatório, Vitor afirmou que estava tentando se desvencilhar do acusado, que o seguia por onde ia, de posse de uma arma de fogo.

Afirmou ainda que o único tiro dado era para lhe acertar, pois o acusado teria mirado nele, na direção de sua cabeça, sofrendo desvio por conta do golpe que deu na direção, fazendo com que acertasse a caixa de papelão e, após, a vítima Julia. Tanto viu cara a cara o acusado mirando a arma em sua direção, por cima da mulher que o acompanhava, que seu único reflexo foi o de virar a direção do carro para tentar “tirar o ângulo”, na intenção de escapar do tiro. Que ainda gritou “abaixa” para a namorada.

Por fim declara que, depois do tiro, olhou para Julia e ela estava com pescoço “destroncado”, com sangue saindo pela boca e olhos. Que a socorreu em 3 minutos, pois estavam quase em frente ao Hospital 13 de Maio, mas mesmo assim ela não resistiu aos ferimentos.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários