anuncie aqui
Notícias recentes
Com gol no fim, Espanha vence a Tunísia em jogo de poucas emoções e vaias da torcida

Com gol no fim, Espanha vence a Tunísia em jogo de poucas emoções e vaias da torcida

access_time09/06/2018 18:17

VITÓRIA NO FIM A torcida russa chegou a se impacientar com o insistente 0 a 0 entre Espanha e Tunís

Entenda o que é a bactéria que pode causar sepse, a infecção generalizada

Entenda o que é a bactéria que pode causar sepse, a infecção generalizada

access_time04/04/2019 08:05

O contato com a bactéria Staphylococcus aureus é mais comum do que muitas pessoas imaginam. Embora e

Anvisa suspende venda de lotes das fraldas Turma da Mônica

Anvisa suspende venda de lotes das fraldas Turma da Mônica

access_time18/06/2018 11:03

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou nesta segunda-feira a suspensão da di

Kassab colocará general na presidência dos Correios
O ministro Gilberto Kassab fala durante evento no Palácio dos Bandeirantes — Foto: Marcelo Brandt/G1

Kassab colocará general na presidência dos Correios

General Juarez Cunha ocupará o cargo que hoje é de Carlos Fortner. Kassab negou que mudança tenha relação com a eleição de Jair Bolsonaro

access_time03/11/2018 15:01

O ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, confirmou neste domingo (3) que o general Juarez Aparecido de Paula Cunha assumirá a presidência dos Correios. O atual presidente, Carlos Fortner, ocupará a vice-presidência de operações da estatal.

Segundo Kassab, a mudança é interna e não tem relação com o novo governo. “O general já está lá nos Correios há quase um ano, é o presidente do Conselho de Administração, é um quadro dos Correios”, disse o ministro por telefone. Kassab também afirmou que não tratou da mudança com ninguém da equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro. “A mudança não tem impacto na gestão. E a partir de janeiro o novo governo coloca quem eles quiserem na presidência”, disse.

A informação sobre a troca do comando dos Correios foi publicada pelo jornal “O Estado de S.Paulo” e confirmada pela reportagem.

Fortner assumiu a presidência dos Correios em maio deste ano, quando o antigo presidente Guilherme Campos saiu para concorrer nas Eleições.

Durante a campanha eleitoral Bolsonaro chegou a dizer que os Correios estavam na lista de estatais que poderiam ser privatizadas. O atual presidente da empresa, Carlos Fortner, já se declarou contrário à privatização.





Por: Por G1

Outras notícias

Comentários