anuncie aqui vermelho
Notícias recentes
Grêmio e Palmeiras iniciam duelo de técnicos gaúchos nas quartas da Libertadores

Grêmio e Palmeiras iniciam duelo de técnicos gaúchos nas quartas da Libertadores

access_time20/08/2019 15:31

Os dois times brasileiros de melhor campanha na última Copa Libertadores e colecionadores de títulos

Carreta carregada com soja pega fogo em MT

Carreta carregada com soja pega fogo em MT

access_time17/01/2019 20:55

Carreta que transportava soja pegou fogo, nesta quinta-feira (17), na Serra do Parecis, em Tangará d

Motociclista sem CNH morre após bater na traseira de carreta parada em bloqueio na BR-163 em MT

Motociclista sem CNH morre após bater na traseira de carreta parada em bloqueio na BR-163 em MT

access_time25/05/2018 14:23

Um jovem de 22 anos morreu em um acidente de trânsito na madrugada desta sexta-feira (25) na BR-163,

Liverpool repudia ofensas raciais contra trio após derrota para o Real
© Pool via Reuters/Clive Brunskill/Direitos Reservados

Liverpool repudia ofensas raciais contra trio após derrota para o Real

Insultos ocorreram em redes sociais após jogo da Liga dos Campeões

access_time07/04/2021 14:46

O Liverpool repudiou nesta quarta-feira (7) as ofensas raciais "abomináveis" contra Trent Alexander-Arnold, Naby Keita e Sadio Mané nas redes sociais depois da derrota ontem (6), por 3 a 1 para o Real Madrid na Liga dos Campeões.

Lateral da Inglaterra, Alexander-Arnold recebeu emoticons de macaco em sua postagem mais recente de Instagram, e ofensas semelhantes foram direcionadas a Keita, meio-campista da Guiné, e Mané, atacante do Senegal.

As entidades que organizam o futebol inglês exortam as empresas de redes sociais a enfrentarem o problema das ofensas virtuais em reação a mensagens racistas contra jogadores, entre eles Axel Tuanzebe, Marcus Rashford e Anthony Martial, do Manchester United, e Willian e Eddie Nketiah, do Arsenal.

O Instagram anunciou uma série de medidas, e o Twitter promete manter seus esforços depois de agir em mais de 700 casos de ofensas relacionadas ao futebol no Reino Unido em 2019.

O Liverpool disse que trabalhará com as autoridades relevantes para identificar os usuários responsáveis pelas mensagens.

No mês passado, Thierry Henry, ex-atacante do Arsenal e da França, apagou suas contas de redes sociais para protestar contra as plataformas por não agirem contra proprietários de contas anônimas que praticam racismo e assédio na internet.





Por: Arvind Sriram - Bengaluru (Índia)

Outras notícias

Comentários