Kurupí
Notícias recentes
Bolsonaro sanciona lei que permite internação involuntária de dependentes químicos

Bolsonaro sanciona lei que permite internação involuntária de dependentes químicos

access_time06/06/2019 08:37

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei aprovada pelo Congresso que autoriza a internação involu

AMM defende plano de ação para evitar queimadas e prejuízos a municípios em 2020 em MT

AMM defende plano de ação para evitar queimadas e prejuízos a municípios em 2020 em MT

access_time21/09/2019 07:31

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga, declarou na manhã de

Irretocável campanha do Palmeiras, decacampeão brasileiro

Irretocável campanha do Palmeiras, decacampeão brasileiro

access_time26/11/2018 07:54

Não basta ter dinheiro - tem de saber usar. Com seu terceiro título nacional em quatro anos, o Palme

Loja é fechada após ser roubada sete vezes e empresário coloca faixa em protesto por falta de segurança em MT
Segundo o gerente Mário Goes, a loja foi roubada sete vezes no período de 1 ano e 3 meses. — Foto: Brenner Alexandre/TVCA

Loja é fechada após ser roubada sete vezes e empresário coloca faixa em protesto por falta de segurança em MT

Comerciantes da região reclamam da falta de segurança e outros estabelecimentos também já foram fechados por este motivo.

access_time17/10/2018 06:53

Uma loja no centro de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, fechou na terça-feira (9) e o proprietário do local colocou uma faixa na frente do comércio alegando falta de segurança na região. Segundo o gerente Mário Goes, a loja foi roubada sete vezes no período de 1 ano e 3 meses.

A faixa foi colocada nessa segunda-feira (15) e diz 'Mais uma loja fechada por falta de segurança pública em Várzea Grande'.

O último roubo no comércio aconteceu no dia 1° deste mês. Os bandidos quebraram a parede da loja e roubaram cerca de R$ 70 mil em mercadorias.

“Em roubos anteriores eles já haviam quebrado três vitrines, então o proprietário resolveu colocar grades em todas as portas. Depois disso, eles quebraram a janela do banheiro, onde foi colocado grade, em seguida. Já no sétimo roubo quebraram a parede”, contou.

O comandante regional da Polícia Militar, Marcos Sovinsk, informou que o policiamento em área comercial é feito constantemente.

“Na região central é onde se concentra as maiores ocorrências de roubos. O policiamento é feito tanto durante o dia quanto à noite”, disse.

De acordo com Mário, comerciantes da região reclamam da falta de segurança. Ele diz que outros estabelecimentos também já foram fechados por esse motivo.

“Diante da realidade dos roubos, uma lanchonete próxima a loja também foi fechada. O proprietário ainda foi resistente, tentou de tudo para manter a loja aberta, mas ele cansou”, disse.

Investigação
A Polícia Civil informou que os casos de roubos ocorridos na loja estão sendo investigados pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG) e que alguns envolvidos já foram identificados.

A investigação busca ainda identificar membros de associações criminosas envolvidas em crimes de roubos e furtos em comércios do município.

Conforme os dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), entre janeiro e agosto deste ano, mais de 170 roubos foram registrados em comércios, em Várzea Grande.

A região central concentrou o maior número de roubos em comércios, sendo 30 registrados. Em seguida, foi o Bairro Cristo Rei com 12 roubos.





Por: Por G1

Outras notícias

Comentários