ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Lula: ‘Cadeia está cheia de gente inocente no Brasil’

Lula: ‘Cadeia está cheia de gente inocente no Brasil’

access_time16/03/2023 13:30

O presidente Lula fez a mais enfática defesa das políticas de esquerda de segurança pública, focaliz

Dupla que levava armas e munições em carro é presa pela PM no Nortão

Dupla que levava armas e munições em carro é presa pela PM no Nortão

access_time02/05/2023 06:28

Os homens, de 50 e 30 anos, que estavam num Fiat Pálio, foram presos por policiais militares, ontem

Fifa define chaveamento do Mundial de Clubes 2023; confira

Fifa define chaveamento do Mundial de Clubes 2023; confira

access_time05/09/2023 07:43

A Fifa realizou nesta terça-feira, 5, o sorteio do chaveamento do Mundial de Clubes de 2023, marcado

“Lula não ajudou com R$ 1; dinheiro aplicado na BR-163 é de MT”
O deputado Dilmar Dal'Bosco, que rebateu fala de Valdir Barranco (foto: MidiaNews)

“Lula não ajudou com R$ 1; dinheiro aplicado na BR-163 é de MT”

Petista disse que Governo Lula que retomou duplicação de rodovia, conhecida como “rodovia da morte”

access_time28/03/2024 10:42

O líder do Governo na Assembleia, deputado Dilmar Dal’Bosco (União), rebateu o colega Valdir Barranco (PT) e disse que o Governo Lula (PT) não investiu R$ 1 na duplicação da BR-163.

O dinheiro que está sendo aplicado na rodovia é exclusivamente do Governo do Estado"

Em meados de março, o governador Mauro Mendes (União) liberou um trecho de 15 quilômetros duplicados da rodovia em Diamantino, na altura do Posto Gil, a Sinop. Dias depois, Barranco publicou um vídeo, no Instagram, atribuindo a duplicação ao Governo Federal.

“Não é verdade. O Governo Federal não ajudou em um real. A BR-163 nunca foi duplicada pelo Governo Federal no trecho de Diamantino a Sinop”, disse Dilmar à imprensa.

O trecho faz parte da concessão da Nova Rota do Oeste, que é administrada pela MT Par, autarquia do Governo Estadual. A concessão foi assumida pelo Governo no ano passado, em um evento com a presença do presidente Lula.

Dilmar lembrou que as tratativas para que houvesse a transferência ao Estado começou ainda na gestão Jair Bolsonaro (PL). À época, a Assembleia Legislativa aprovou projetos de aporte orçamentárias à MT Par para viabilizar as obras na via, que era conhecida como a “rodovia da morte”.

“Em 2022, a Assembleia Legislativa aprovou rubrica orçamentária para a MT Par ter dinheiro para investir na concessão da BR-163. Em 2023, nós aprovamos R$ 1,6 bilhão para BR-163”, disse.

“Então, o dinheiro que está sendo aplicado na rodovia é exclusivamente do Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da nossa arrecadação tributaria que sai dinheiro da fonte 100, do Fethab, e do pedágio. Não tem um centavo do Governo Federal”, emendou.

Empolgação
Questionado se o deputado Barranco agiu com “má intenção” ao divulgar o vídeo, Dilmar amenizou.

“Não quero falar dessa maneira. Muitas vezes, a pessoa, na empolgação, fala dessa maneira. È normal”, disse.





Por: CÍNTIA BORGES DA REDAÇÃO DO MIDIA NEWS

Outras notícias

Comentários