anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
STF extingue multa de ex-deputado condenado no Mensalão

STF extingue multa de ex-deputado condenado no Mensalão

access_time16/06/2023 07:46

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), julgou extinta a punibilidade do

Seis bandidos que invadiram Confresa morreram em confronto com a polícia

Seis bandidos que invadiram Confresa morreram em confronto com a polícia

access_time22/04/2023 08:40

Após quase duas semanas de buscas, seis bandidos do grupo que invadiu Confresa (1.160 km de Cuiabá)

Polícia Civil prende tio que estuprou e matou sobrinha de 9 anos em Terra Nova do Norte

Polícia Civil prende tio que estuprou e matou sobrinha de 9 anos em Terra Nova do Norte

access_time20/09/2023 17:02

Um homem apontado como autor de crime de estupro de vulnerável, homicídio, ocultação de cadáver,

Mãe e filho mandaram matar empresário do Shopping Popular por vingança, diz Polícia
Delegado Nilson Farias está a frente da investigação e já prendeu três pelo crime

Mãe e filho mandaram matar empresário do Shopping Popular por vingança, diz Polícia

Eles acreditavam que Girlei Silva da Silva havia sido morto a mando de Gersino Rosa dos Santos

access_time03/04/2024 06:36

Mãe e filho presos apontados como mandantes do duplo homicídio no Shopping Popular teriam encomendado o crime por vingança, por acreditarem que um familiar havia sido morto a mando do empresário Gersino Rosa dos Santos, de 43 anos.

A informação foi confirmada pelo delegado Nilson Farias, da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoas de Cuiabá.

Gersino foi assassinado por um pistoleiro no dia 23 de novembro. Na ação, o vendedor Cleiton de Oliveira de Souza Paulino, de 27 anos, foi morto em outro quiosque por acidente.

A mãe e o filho - identificados pelas iniciais J.B.S. e W.B.S. - foram presos nesta terça-feira (2) em Campo Grande (MS). Eles teriam contratado, por R$10 mil, os serviços de Sílvio Júnior Peixoto, de 26 anos, que confessou ter cometido o crime.

Motivados por vingança
De acordo com o delegado, o filho de J.B.S., Girlei Silva da Silva, de 31 anos, conhecido pelo apelido de "Maranhão", foi morto no bairro Santa Laura, em Cuiabá, no dia 9 de novembro, apenas duas semanas antes do crime do Shopping Popular.

Ainda conforme a Polícia, a família acreditava que Girlei havia sido morto a mando de Gersino Rosa e então decidiram matar o comerciante como vingança.

A ação da DHPP teve apoio do Garra da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul.

Ambos foram encaminhados a uma delegacia em Campo Grande, onde foram interrogados, e depois apresentados em audiência de custódia do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul.

O recambiamento de mãe e filho para Cuiabá tem previsão de ocorrer ainda esta semana.





Por: LIZ BRUNETTO DA REDAÇÃO

Outras notícias

Comentários