anuncie aqui
Notícias recentes
Último ponto de manifestação na BR-163 foi desfeito em Matupá

Último ponto de manifestação na BR-163 foi desfeito em Matupá

access_time31/05/2018 07:53

o superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Mato Grosso, Aristóteles Cadidé da Silva, d

Dinamarca bate Peru em novo jogo com VAR (e erro de Cueva); Guerrero passa em branco

Dinamarca bate Peru em novo jogo com VAR (e erro de Cueva); Guerrero passa em branco

access_time16/06/2018 14:25

QUE PENA, PERU... Em sua volta à Copa do Mundo após 36 anos, o Peru contou com o apoio de sua torci

Homem é preso em MT com droga e quase R$ 10 mil escondidos em almofada

Homem é preso em MT com droga e quase R$ 10 mil escondidos em almofada

access_time11/07/2018 10:41

Um homem foi preso nessa terça-feira (10) com porções de droga e quase R$ 10 mil escondidos em uma c

Mais de 3,6 mil agentes de segurança trabalharão no 2º turno das eleições
Maioria do efetivo empregado é da Polícia Militar — Foto: PM-MT/Assessoria

Mais de 3,6 mil agentes de segurança trabalharão no 2º turno das eleições

Em Mato Grosso, eleitores vão escolher apenas o presidente, exceto em Planalto das Serra, será eleito o próximo prefeito da cidade em eleição suplementar

access_time23/10/2018 12:48

Mais de 3,6 mil agentes de segurança vão trabalhar no segundo turno das eleições em Mato Grosso, no próximo domingo (28), de acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp). Dos 3.600, 2.103 são da Polícia Militar; 1.122 da Polícia Civil; 306 do Corpo de Bombeiros e 80 da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

Além disso, será mantido o efetivo habitual das forças de segurança, inclusive com apoio do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

O planejamento da segurança no estado foi apresentado ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann em uma reunião por videoconferência, nesta segunda-feira (22).

Em Mato Grosso, ocorrerá a votação em segundo turno apenas para presidente, exceto em Planalto da Serra, onde os eleitores também irão eleger o próximo prefeito da cidade, devido à cassação dos mandatos da prefeita eleita em 2016, Angelina Benedita Pereira (PSDB), e do vice dela, Marcos Antônio Sampaio Rodrigues (PHS), por abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio.

Concorrem ao cargo o ex-prefeito do município Dênio Peixoto (PSD) e o vereador Natal de Assis (PSDB).

No dia 7 deste mês, os eleitores de Mato Grosso foram às urnas e elegeram o candidato Mauro Mendes (DEM) como governador. Também foram eleitos dois senadores, oito deputados federais e 24 deputados estaduais.





Por: Por G1

Outras notícias

Comentários