ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Tabagismo e coronavírus são combinação catastrófica, diz fundação

Tabagismo e coronavírus são combinação catastrófica, diz fundação

access_time19/05/2020 08:29

O diretor executivo da Fundação do Câncer, Luiz Augusto Maltoni, disse que como o tabagismo é fator

Mais de 50% do público-alvo ainda deve ser vacinado contra polio e sarampo em MT

Mais de 50% do público-alvo ainda deve ser vacinado contra polio e sarampo em MT

access_time21/08/2018 07:19

Mais da metade do público-alvo da campanha de vacinação contra poliomielite e sarampo ainda deve se

Polícia Civil consegue bloquear R$ 140 mil de morador no Nortão vítima de fraude eletrônica

Polícia Civil consegue bloquear R$ 140 mil de morador no Nortão vítima de fraude eletrônica

access_time24/04/2022 07:51

A Polícia Civil conseguiu bloquear nesta semana R$ 161 mil desviados de vítimas que sofreram golpes

Mais de 300 fazendas em MT são interditadas por vacina contra aftosa de 'origem duvidosa'
Equipe do Indea reunida em Juara para fiscaliar as propriedades (Foto: Indea-MT)

Mais de 300 fazendas em MT são interditadas por vacina contra aftosa de 'origem duvidosa'

Loja de insumos agrícolas que vendeu as vacinas é investigada. Produto estava armazenado de maneira inadequada e não tinha certificação de origem, segundo Indea.

access_time24/05/2018 07:05

Um total de 335 fazendas em Juara, a 690 km de Cuiabá, foram interditadas, nesta quinta-feira (23), pelo Instituto Estadual de Defesa Agropecuária (Indea-MT) por comprarem vacinas de origem duvidosa para imunizar o rebanho contra a febre aftosa.

O Indea também investiga a loja de insumos agrícolas que fez a revenda do produto. De acordo com os fiscais que estiveram no estabelecimento, a vacina estava armazenada em desacordo com as normas e não tinha certificação de origem.

Uma equipe do Indea composta por médicos veterinários e agentes fiscais se deslocou de Cuiabá para Juara para visitar os 30 pecuaristas que compraram o produto e já informaram a conclusão da vacinação. Eles vão verificar “in loco” a situação do rebanho e não descartam a possibilidade de aplicar as vacinas novamente.

No entanto, a gestora do Indea, Daniella Bueno, avalia que foi um caso pontual e que não compromete a sanidade do rebanho de Mato Grosso.

Vacinação
O calendário de vacinação nas demais regiões do estado segue sem alterações, com encerramento no dia 31 deste mês e prazo para comunicar o Indea até 11 de junho.

Aftosa
Segundo o Indea, o último caso de aftosa registrado em Mato Grosso foi em 1996. Desde então, o rebanho se mantém imune. Há sete anos, o estado mantém 99% de animais vacinados.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários