ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Representantes de 15 países discutem na Colômbia a crise venezuelana

Representantes de 15 países discutem na Colômbia a crise venezuelana

access_time25/02/2019 08:17

Sob tensão e em clima de guerra, presidentes, vice-presidentes e chanceleres  de 14 países, entre el

Infovia subfluvial vai levar internet ao Norte, por rios da Amazônia

Infovia subfluvial vai levar internet ao Norte, por rios da Amazônia

access_time08/05/2021 09:22

É no Brasil, mais precisamente na Região Norte, que se concentra a maior bacia hidrográfica do plane

PRF apreende 206 kg de cocaína e prende motorista de carreta em MT

PRF apreende 206 kg de cocaína e prende motorista de carreta em MT

access_time18/05/2020 10:03

Um motorista foi preso no sábado (16) ao ser abordado e flagrado com mais de 200 kg de cocaína na BR

Mais de 400 mil eleitores estão com os títulos cancelados em MT
Em Mato Grosso, 414.289 pessoas que estão impedidas de votar nas eleições do ano que vem. — Foto: Divulgação/Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão

Mais de 400 mil eleitores estão com os títulos cancelados em MT

Portanto, 414.289 pessoas que estão impedidas de votar nas eleições do ano que vem

access_time23/11/2021 10:29

Mais de 400 mil eleitores estão com os títulos cancelados em Mato Grosso, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE). São 414.289 pessoas que estão impedidas de votar nas eleições do ano que vem.

Desse total, mais de 140 mil eleitores tiveram o documento cancelado porque deixaram de votar nas últimas três eleições consecutivas.

Outros 273 mil eleitores tiveram o título cancelado porque não fizeram o recadastramento biométrico.

Os municípios que mais tiveram títulos cancelados são: Várzea Grande, com mais de 27% dos títulos cancelados seguido por Cuiabá, com 25,25%; Tangará da serra, com mais de 24%, Cáceres, com 23,65% e Barra do Garças, com 22,21%.

As pessoas que tiveram o título cancelado por não ter votado ou não ter feito a biometria, precisa procurar a justiça eleitoral, por meios virtuais ou de forma presencial.

A regularidade do título é condição exigida para tomar posse em cargos públicos, processos seletivos, além de outras situações.

Nas eleições para prefeito do ano passado, 284.352 eleitores foram às urnas para votar. Destes, 6.325 (2,22%) votaram em branco e 12.379 (4,35%), anularam o voto.

Um total de 93.745, que corresponde a 24,79% do total de eleitores aptos a votar no segundo turno, não compareceram aos locais de votação.





Por: Anegélica Neri, TV Centro América

Outras notícias

Comentários