anuncie aqui
Notícias recentes
China inaugura maior ponte marítima do mundo com números assombrosos

China inaugura maior ponte marítima do mundo com números assombrosos

access_time23/10/2018 12:32

O presidente chinês, Xi Jinping, inaugurou oficialmente a maior ponte de travessia marítima do mundo

Secretaria de Assistência Social encerrou curso de manicure, pedicure e cabeleireiro

Secretaria de Assistência Social encerrou curso de manicure, pedicure e cabeleireiro

access_time19/07/2018 08:14

Após dez dias de aprendizados, várias alunas comemoraram o encerramento do curso profissionalizante

Bombas de posto de combustível são lacradas por suspeita de irregularidade durante operação em defesa do consumidor

Bombas de posto de combustível são lacradas por suspeita de irregularidade durante operação em defesa do consumidor

access_time03/07/2019 10:38

Dois postos de combustíveis foram vistoriados, durante operação em defesa do consumidor, realizada n

Mais de 50 mil eleitores de MT que não votaram nas três últimas eleições podem ter o título cancelado
Em Mato Grosso, 50,7 mil eleitores podem ter o título cancelado — Foto: TSE

Mais de 50 mil eleitores de MT que não votaram nas três últimas eleições podem ter o título cancelado

Eleitor que não fizer regularização fica impedido votar, obter passaporte, tomar posse em cargo público, entre outros. Situação individual pode ser consultada através da internet, no site do TRE

access_time09/04/2019 08:47

Mais de 50 mil eleitores de Mato Grosso que não votaram nas últimas três eleições podem ter o título cancelado, caso não procurem a Justiça Eleitoral para justificar a ausência. O prazo, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), para regularizar a situação é no dia 6 de maio.

O eleitor pode consultar a própria situação através da internet, no site do TRE.

Na internet, o interessado deverá clicar na aba "eleitor" e, em seguida, "situação eleitoral" para informar o nome completo e a data de nascimento ou o número do título eleitoral. O sistema emitirá a certidão informando a situação do eleitor.

Para regularização, o eleitor deverá apresentar documento com foto que comprove sua identidade e, se possuir, título eleitoral, comprovantes de votação e de justificativa.

O eleitor que não votou e nem justificou dentro do prazo previsto em lei, terá que pagar uma multa para cada ausência, cujo valor varia em cada município a critério do juiz eleitoral.

O eleitor que não regularizar ficará impedido de exercer diversos direitos, entre eles: votar, obter passaporte, tomar posse em cargo público, fazer ou renovar matrícula em instituições de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários