anuncie aqui
Notícias recentes
Secretário diz que regularização fundiária e ambiental dificultam agricultura familiar em MT

Secretário diz que regularização fundiária e ambiental dificultam agricultura familiar em MT

access_time22/04/2019 08:54

O secretário de Agricultura Familiar (Seaf) de Mato Grosso, Silvano Amaral, foi entrevistado no quad

Dono de fazenda embargada por desmate no Pantanal é multado em R$ 1 milhão em MT

Dono de fazenda embargada por desmate no Pantanal é multado em R$ 1 milhão em MT

access_time10/08/2018 07:30

O dono de uma propriedade rural de Barão de Melgaço, a 121 km de Cuiabá, no Pantanal mato-grossense,

Camila Queiroz e Klebber Toledo se casam no civil no interior de SP

Camila Queiroz e Klebber Toledo se casam no civil no interior de SP

access_time18/06/2018 10:59

Os atores Camila Queiroz e Klebber Toledo se casaram neste sábado, 16, em Ribeirão Preto, cidade nat

Mais de 50 mil eleitores de MT que não votaram nas três últimas eleições podem ter o título cancelado
Em Mato Grosso, 50,7 mil eleitores podem ter o título cancelado — Foto: TSE

Mais de 50 mil eleitores de MT que não votaram nas três últimas eleições podem ter o título cancelado

Eleitor que não fizer regularização fica impedido votar, obter passaporte, tomar posse em cargo público, entre outros. Situação individual pode ser consultada através da internet, no site do TRE

access_time09/04/2019 08:47

Mais de 50 mil eleitores de Mato Grosso que não votaram nas últimas três eleições podem ter o título cancelado, caso não procurem a Justiça Eleitoral para justificar a ausência. O prazo, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), para regularizar a situação é no dia 6 de maio.

O eleitor pode consultar a própria situação através da internet, no site do TRE.

Na internet, o interessado deverá clicar na aba "eleitor" e, em seguida, "situação eleitoral" para informar o nome completo e a data de nascimento ou o número do título eleitoral. O sistema emitirá a certidão informando a situação do eleitor.

Para regularização, o eleitor deverá apresentar documento com foto que comprove sua identidade e, se possuir, título eleitoral, comprovantes de votação e de justificativa.

O eleitor que não votou e nem justificou dentro do prazo previsto em lei, terá que pagar uma multa para cada ausência, cujo valor varia em cada município a critério do juiz eleitoral.

O eleitor que não regularizar ficará impedido de exercer diversos direitos, entre eles: votar, obter passaporte, tomar posse em cargo público, fazer ou renovar matrícula em instituições de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários