anuncie aqui
Notícias recentes
Exportação de aço do Brasil para os Estados Unidos cresce após tarifa

Exportação de aço do Brasil para os Estados Unidos cresce após tarifa

access_time13/07/2018 08:50

No primeiro mês após a introdução da tarifa de 25% pelo governo do presidente Donald Trump sobre o a

Criança de 1 ano está internada com queimaduras após acidente doméstico com água quente

Criança de 1 ano está internada com queimaduras após acidente doméstico com água quente

access_time22/08/2018 07:30

Uma criança de um ano teve parte do corpo queimado com água quente, em Sorriso, e está internada des

Adolescente agride namorada de 13 anos por ciúmes após ela sair de casa para visitar a mãe dela

Adolescente agride namorada de 13 anos por ciúmes após ela sair de casa para visitar a mãe dela

access_time01/08/2018 08:45

Um adolescente de 17 anos agrediu a namorada, de 13 anos, com socos e arranhões, após ela sair da ca

Mais de 50 mil eleitores podem ter títulos cancelados em MT
Sede do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), em Cuiabá — Foto: Reprodução/TVCA

Mais de 50 mil eleitores podem ter títulos cancelados em MT

access_time22/02/2019 08:29

Os 50.304 eleitores que não votaram nas últimas três eleições têm até o dia 6 de maio deste ano para procurar a Justiça Eleitoral e regularizar a situação, caso contrário, terão o título cancelado.

A partir dessa quarta-feira (20), os cartórios eleitorais disponibilizarão relatórios contendo os números dos títulos passíveis de cancelamento, com os nomes dos titulares.

O eleitor recebe o registro de ausência às urnas quando não votou e nem justificou a ausência ao pleito, tanto regular quanto suplementar. Cada turno é considerado uma eleição.

Para regularizar é necessário procurar a Justiça Eleitoral portando um documento oficial de identificação e se possuir, o título eleitoral e comprovantes de votação e/ou de justificativa.

O eleitor que não votou e nem justificou dentro do prazo previsto em lei, terá que pagar uma multa para cada ausência ao pleito, cujo valor varia a critério do juiz eleitoral. O cidadão que, por motivo de força maior, não possuir condições financeiras para quitar o débito, pode solicitar ao juiz eleitoral a dispensa do recolhimento.

A Justiça Eleitoral cancelará, no período de 17 a 20 de maio, as inscrições dos eleitores que não tiverem regularizado a situação até o dia 06 de maio. Enquanto os cancelamentos estiverem sendo efetuados, não serão feitas atualizações no cadastro eleitoral.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários