Banner Outras
Notícias recentes
Homem é morto com golpes na cabeça ao tentar invadir bar em Matupá

Homem é morto com golpes na cabeça ao tentar invadir bar em Matupá

access_time17/03/2020 09:40

O crime ocorreu em um bar na comunidade Flor da Serra, localizada a cerca de 30 quilômetros do centr

Criança de 3 anos é estuprada pelo namorado da avó e suspeito é preso

Criança de 3 anos é estuprada pelo namorado da avó e suspeito é preso

access_time07/08/2019 09:08

Um jovem foi preso em flagrante nessa terça-feira (6) suspeito de ter estuprado uma criança, de 3 an

Universidade dos EUA desenvolve primeiro 'robô-mosca' que funciona sem fios

Universidade dos EUA desenvolve primeiro 'robô-mosca' que funciona sem fios

access_time17/05/2018 08:00

Não vai demorar muito até robôs voadores do tamanho de insetos serem vistos batendo asas por aí. É q

Mais de 700 mil proprietários são beneficiados com prorrogação do IPVA 2020
Secom/MT

Mais de 700 mil proprietários são beneficiados com prorrogação do IPVA 2020

Descontos de 5% e 3% para os pagamentos em cota única e o parcelamento em até seis vezes foram mantidos

access_time14/04/2020 10:03

Em meio à crise econômica causada pelo novo coronavírus, mais de 700 mil proprietários de veículos foram beneficiados com a prorrogação do pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) deste ano. A medida integra o pacote de ações adotadas pelo Governo de Mato Grosso para minimizar os impactos provocados pela disseminação do novo vírus, considerado como pandemia mundial pelos órgãos de saúde.

Enquanto outros estados mantiveram a cobrança do imposto em curso, o Executivo estadual de Mato Grosso foi sensível ao momento vivido pelos cidadãos mato-grossenses e postergou o pagamento do IPVA por 60 dias. Os parcelamentos já realizados nos meses anteriores também tiveram os vencimentos prorrogados.

Rafael Clério dos Santos é autônomo e afirma que o prazo a mais, concedido pelo Governo de Mato Grosso, para pagar o IPVA vai auxiliar nas suas finanças pois tem tido dificuldade em receber das empresas. Ele parcelou o imposto do seu carro e conta que está difícil manter o pagamento em dia.

“Para mim, que sou profissional liberal e tive alguns recebimentos suspensos, e outros prorrogados também, a medida vai beneficiar em muito, ganhamos pelo menos um fôlego. Parcelei o IPVA em seis vezes, paguei a primeira, consegui pagar segunda, mas essa próxima agora eu estou com dificuldade de recebimento. É uma cadeia eu deixo de receber, eu deixo de pagar”, disse Rafael.

Para o mototaxista João Batista e Souza a prorrogação da cobrança do imposto veio em boa hora, uma vez que houve uma grande redução na demanda dos atendimentos realizados por ele. “Nessa dificuldade que nós estamos eu achei ótimo, porque ganhamos mais tempo até passar essa pandemia. E com certeza vai passar e melhorar para todos nós”.

A securitária Sâmara Dib Said Yunes avaliou de forma positiva a prorrogação, que vai garantir a adimplência dos contribuintes nesse momento de crise. “Eu vejo com bons olhos essa prorrogação uma vez que diante desse nosso cenário o saldo financeiro está sendo canalizado para as despesas emergenciais. Uma vez que está prorrogando pelo menos o contribuinte não fica inadimplente e pode circular com o veículo numa emergência, tranquilamente. É uma atitude sensata do Governo”, pontua.

Em coletiva de imprensa realizada no dia 02 de abril, em suas redes sociais, o governador Mauro Mendes anunciou que a cobrança do IPVA dos veículos com final de placa 8 e 9, com vencimento no mês de maio, também seria prorrogada por 60 dias. A medida será publicada por meio de decreto nos próximos dias. O Governo já havia determinado a postergação do prazo para os automóveis com finais de placa 4, 5, 6 e 7.

Além da prorrogação da data de vencimento, foram mantidos os descontos de 5% e 3% para os pagamentos realizados em cota única e o parcelamento em até seis vezes. No caso dos veículos com final de placa 4 e 5, por exemplo, o IPVA deverá ser pago à vista ou parcelado apenas no mês maio. Inicialmente, o prazo de vencimento era até o dia 31 de março.

Em relação aos parcelamentos já realizados, o contribuinte que parcelou o IPVA com final 1 em seis vezes pagará a terceira parcela no mês de maio e as demais parcelas nos meses subsequentes, ou seja, junho, julho e agosto. O imposto do veículo com placa final 1 foi cobrado no mês de janeiro.





Por: Lorrana Carvalho | Sefaz/MT

Outras notícias

Comentários