ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Moraes quebra sigilo de imagens do 8 de janeiro e manda PF ouvir agentes do GSI

Moraes quebra sigilo de imagens do 8 de janeiro e manda PF ouvir agentes do GSI

access_time21/04/2023 17:44

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a quebra do sigilo das

Biden: ‘É assim que o capitalismo funciona’

Biden: ‘É assim que o capitalismo funciona’

access_time13/03/2023 11:02

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, prometeu responsabilizar os culpados pela falência do Si

PM realiza aula inaugural do curso de formação de 560 alunos soldados e oficiais

PM realiza aula inaugural do curso de formação de 560 alunos soldados e oficiais

access_time11/07/2023 11:15

A Polícia Militar de Mato Grosso realizou, na tarde desta segunda-feira (10.07), a aula inaugural do

Mais de cem igrejas são incendiadas na Índia
Foto de Cullan Smith na Unsplash | Reprodução

Mais de cem igrejas são incendiadas na Índia

A escalada de violência contra a minoria cristã no país também provocou a morte de 17 pessoas

access_time09/05/2023 06:29

A situação dos cristãos na Índia agravou-se desde a escalada de violência do dia 28 de abril. Segundo a ONG Portas Abertas, os cristãos étnicos — que na Índia são minoria — voltaram a sofrer com a perseguição. Mais de cem igrejas foram depredadas e incendiadas, e mais de 300 casas, incluindo casas pastorais, também foram queimadas. De acordo com os repórteres locais da ONG, mais de 15 mil cristãos tiveram de buscar abrigo num acampamento.  

A nova onda de violência contra os indianos que professam a fé cristã resultou em 17 mortos e dezenas de cristãos ameaçados de morte. Muitos também sofreram agressão física. Uma indiana entrevistada pela Portas Abertas disse: “A situação das igrejas na Índia é horrível. Casas e propriedades estão em chamas. As pessoas estão vivendo com medo e sem esperança quanto ao futuro. Precisamos que vocês ergam suas vozes contra a injustiça e as atrocidades que os cristãos estão enfrentando”.  

Segundo a ONG Portas Abertas, mais de cem igrejas foram incendiadas. (Foto representativa)

No sábado 6, a onda de violência abrandou, no entanto o risco de uma nova onda de atentados contra a vida e de invasões às propriedades dos cristãos permanece. A situação é tão grave que o governo do Estado de Manipur ordenou à polícia local que dispare “tiros de advertência” em casos de violência extrema. A indiana que foi testemunha dos atos de violência contra os cristãos no país disse ainda: “Exigimos que o governo da Índia condene publicamente os atos de violência contra as minorias cristãs na Índia”. A situação das igrejas na Índia é preocupante.





Por: VITOR MARCOLIN / REVISTA OESTE

Outras notícias

Comentários