anuncie aqui
Notícias recentes
Hospital Regional adquiriu novo aparelho de ultrassonografia

Hospital Regional adquiriu novo aparelho de ultrassonografia

access_time22/10/2018 11:25

Em um nova fase de investimentos o Hospital Regional de Peixoto de Azevedo adquiriu um novo aparelho

Palestinos fazem disparos; Israel contra-ataca

Palestinos fazem disparos; Israel contra-ataca

access_time29/05/2018 11:29

Militantes palestinos lançaram a partir da Faixa de Gaza cerca de 30 morteiros em direção ao sul do

Primo de governador de MT era responsável por manter contrato em esquema e recebeu R$ 2,6 milhões em propina, diz decisão

Primo de governador de MT era responsável por manter contrato em esquema e recebeu R$ 2,6 milhões em propina, diz decisão

access_time09/05/2018 22:38

O ex-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, que é primo do governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB

Mais de meia tonelada de carne imprópria para consumo é apreendida em MT e dona de mercado é presa
Carne comercializada era imprópria para consumo humano, segundo o MPE — Foto: MPE/Divulgação

Mais de meia tonelada de carne imprópria para consumo é apreendida em MT e dona de mercado é presa

Estabelecimento em Aripuanã já havia sido notificado sobre as irregularidades, segundo o MPE. Ao todo, 540 kg de carne foram apreendidos no supermercado

access_time21/02/2019 09:33

A dona de um supermercado em Aripuanã, a 976 km de Cuiabá, foi presa em flagrante por vender carne imprópria para consumo humano. Segundo o Ministério Público Estadual (MPE), a prisão foi realizada na quinta-feira (14).

Na ocasião, mais de meia tonelada de carne foi apreendida no estabelecimento comercial.

O nome da proprietária do estabelecimento não foi divulgado. Ela deve responder pelo crime de comercializar ou ter em depósito matérias-primas ou mercadorias em condições impróprias.

Ao todo, 540 kg de carne foram apreendidos no supermercado. A apreensão foi realizada pela Vigilância Sanitária do município após notificação feita pelo MPE.

Segundo o MPE, essa não é a primeira vez que o supermercado é autuado por vender produtos impróprios para consumo.

Antes desta ocasião, o órgão e os representantes do supermercado assinaram um TAC para que os produtos impróprios não fossem comercializados. O acordo, entretanto, não estava sendo cumprido.

Outros estabelecimentos no município deve ser vistoriados.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários