anuncie aqui
Notícias recentes
Dinamarca bate Peru em novo jogo com VAR (e erro de Cueva); Guerrero passa em branco

Dinamarca bate Peru em novo jogo com VAR (e erro de Cueva); Guerrero passa em branco

access_time16/06/2018 14:25

QUE PENA, PERU... Em sua volta à Copa do Mundo após 36 anos, o Peru contou com o apoio de sua torci

Liverpool perde da Roma, mas se classifica e volta à final da Champions após 11 anos

Liverpool perde da Roma, mas se classifica e volta à final da Champions após 11 anos

access_time02/05/2018 19:04

REDS NA FINAL Onze anos depois, o Liverpool está novamente em uma final da Liga dos Campeões. Penta

Receita libera hoje consulta ao segundo lote de restituição do IR 2018

Receita libera hoje consulta ao segundo lote de restituição do IR 2018

access_time09/07/2018 18:59

A consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2018 será liberad

Mato Grosso tem 11 candidatos ao Senado; veja quem são

Mato Grosso tem 11 candidatos ao Senado; veja quem são

As convenções partidárias foram realizadas até esse domingo (5), seguindo o calendário eleitoral. Os registros de candidaturas devem ser feitos até o próximo dia 15

access_time06/08/2018 15:59

As convenções partidárias realizadas até esse domingo (5) oficializaram 11 candidatos ao Senado em Mato Grosso.

Eles disputarão duas vagas, que serão abertas com o término dos mandatos de Blairo Maggi (PR), que está licenciado da vaga para comandar o Ministério da Agricultura, e a do senador José Medeiros (Podemos), que assumiu a cadeira com a renúncia de Pedro Taques (PSDB) para tomar posse como governador do estado.

A vaga de Maggi está ocupada desde 2016 pelo primeiro suplente José Aparecido dos Santos, o Cidinho.

Veja quem são os candidatos (por ordem alfabética):

Adilton Sachetti (PRB)

Deputado federal, Adilton Sachetti (PRB) tenta vaga no Senado pela primeira vez, na chapa que tem Wellington Fagundes (PR) como candidato a governador de Mato Grosso e Sirlei Theis (PV) como vice. A candidatura dele foi confirmada em convenção realizada neste domingo (5). A coligação tem PMN, PROS, PR, PC do B, Podemos, PP, PT, PV, PRB e PTB.

Sachetti é ex-secretário de estado e ex-prefeito de Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá.

Aladir Leite Albuquerque (PPL)

O servidor público aposentado Aladir Leite Albuquerque disputa vaga ao Senado pelo PPL. Essa é a primeira vez que ele vai disputar um cargo majoritário. Teve a candidatura oficializada em convenção realizada no sábado (4).

O PPL, no entanto, não terá candidato próprio ao governo e declarou poio à candidatura de Arthur Nogueira (Rede Sustentabilidade), indicando Sadi Oliveira dos Santos, presidente de uma ONG, como vice da chapa.

Carlos Fávaro (PSD)

Em convenção realizada no sábado (4), a chapa que tem Mauro Mendes (DEM) como candidato ao governo definiu Carlos Fávaro (PSD) na disputa ao Senado. Fávaro era vice-governador do estado na atual gestão, mas renunciou ao cargo em abril deste ano.

Ele também comandou a Secretaria Estadual de Meio Ambiente.

Gilberto Lopes Filho (PSOL)

Gilberto Lopes Filho (PSOL) é servidor público do estado. O partido não fez aliança com outras legendas. Nas eleições de 2014, ele tentou vaga no Senado, mas não se elegeu.

Jayme Campos (DEM)

Integrante da mesma chapa que Carlos Fávaro, Jayme Campos também disputará vaga no Senado. Ele é ex-senador, ex-prefeito de Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá, e ex-governador do estado. A coligação é composta, além do DEM, pelo MDB, PDT, PSD, PHS, PSC e PMN.

Maria Lúcia Cavalli (PC do B)

A professora e ex-reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Maria Lúcia Cavalli Neder, disputa vaga no Senado. Essa é a primeira vez que ela disputa o cargo. O partido dela faz parte da chapa que também lançou Adilton Sachetti (PRB) como candidato ao Senado e que apoia a eleição de Wellington Fagundes (PR) ao governo do estado. A coligação tem PMN, PROS, PR, PC do B, Podemos, PP, PT, PV, PRB e PTB.

Nilson Leitão (PSDB)

O deputado federal e ex-prefeito de Sinop, a 503 km de Cuiabá, Nilson Leitão (PSDB), é o único candidato ao partido a concorrer vaga no Senado. O nome dele foi oficializado durante convenção no domingo (5), que também confirmou a candidatura de Pedro Taques à reeleição, tendo o produtor rural Rui Prado como vice da chapa. A coligação tem o PSDB, PSL, PPS, PRP, Avante, DC, Solidariedade, Patriota, PRPB e PSB.

Procurador Mauro Lara (PSOL)

O PSOL oficializou a candidatura do procurador do estado Mauro Lara ao Senado nesse domingo (5), em convenção realizada em Cuiabá. O partido também lançou o funcionário público Moisés Franz como candidato ao governo nesta eleição.

Sebastião Carlos (Rede)

Sebastião Carlos é presidente da Academia Mato-grossense de Letras (AML) e está licenciado para disputar a eleição ao Senado. A candidatura dele foi confirmada durante convenção realizada no dia 28 de julho. O Rede Sustentabilidade tem o ex-superintendente regional da Polícia Rodoviária Federal (PRF) Arthur Nogueira como candidato a governador de Mato Grosso.

Selma Arruda (PSL)

O PSL anunciou apoio à reeleição de Pedro Taques (PSDB) a governador de Mato Grosso, durante convenção realizada no sábado (4) e lançou a juíza aposentada Selma Arruda como candidata ao Senado.

Waldir Caldas (Novo)

O Partido Novo lançou a candidatura do advogado criminalista Waldir Caldas como candidato ao Senado, em convenção realizada no dia 31 de julho. Waldir Caldas tem 63 anos, é natural de Corumbá (MS) e mora na capital há cerca de 40 anos.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários