anuncie aqui
Notícias recentes
Dono de pesqueiro é morto em MT após impedir suspeito de pescar no local, diz delegado

Dono de pesqueiro é morto em MT após impedir suspeito de pescar no local, diz delegado

access_time15/05/2018 08:53

Um homem foi preso suspeito de ter matado o dono de um pesqueiro em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. Seg

Visitante é detida em cadeia de MT com cocaína escondida em suco em pó

Visitante é detida em cadeia de MT com cocaína escondida em suco em pó

access_time13/08/2018 13:23

Uma visitante foi detida no sábado (11) ao tentar entregar cocaína para um preso na Cadeia Pública d

Assessor de Trump vê

Assessor de Trump vê "oportunidade histórica" com eleição de Bolsonaro

access_time28/11/2018 07:29

Às vésperas de se reunir com o presidente eleito, Jair Bolsonaro, no Rio de Janeiro, o assessor de S

MEC anuncia pastora evangélica como braço direito de Vélez

MEC anuncia pastora evangélica como braço direito de Vélez

É a segunda nomeação para o cargo em dois dias. Iolene Lima dirigiu colégio orientado por cosmovisão bíblica

access_time15/03/2019 07:09

Em dois dias, o Ministério da Educação apresentou dois secretários executivos para a pasta. Nesta quinta-feira (14), o ministro, Ricardo Vélez Rodriguez, anunciou em seu Twitter um novo nome para ser seu braço direito: Iolene Lima, pastora evangélica.

O anúncio ocorre dois dias depois de Vélez nomear Rubens Barreto da Silva, que vinha para ocupar o lugar de Luíz Antônio Tozi. Além da dança de cadeiras no cargo executivo, desde a segunda-feira (11) a pasta exonerou seis cargos comissionados, evidenciando uma queda de braço entre olavistas e militares no comando da educação.

A pastora evangélica recém nomeada atua na Primeira Igreja Batista de São José dos Campos (SP), atualmente conhecida como Igreja da Cidade. Também dirigiu, na cidade do interior de São Paulo, o Colégio Inspire, que segue uma “metodologia de educação por princípios” e apresenta todos os conteúdos programáticos dentro da “cosmovisão bíblica”.

Após o anúncio, Iolene agradeceu a nomeação em seu Twitter. “Muito obrigada ministro Ricardo Vélez e meu presidente Jair Bolsonaro”, escreveu.

Antes de ser nomeada secretária-executiva, Lima atuava no Ministério dentro da Secretaria de Educação Básica. Na quarta-feira (13) ela acompanhou Vélez Rodríguez durante a visita do titular à cidade de Suzano (SP), onde ocorreu o ataque armado que deixou alunos e duas funcionárias mortas em uma escola estadual.

Já em seu discurso de posse, o ministro da Educação exaltou a família, a igreja e os valores tradicionais e afirmou que a pasta ia atuar para “combater o marxismo cultural” na Educação. Ele também é um dos críticos à suposta “ideologia de gênero” nas escolas, que atribui a uma onda global destruidora de valores.

Recentemente, declarou que vai dar ênfase à retomada do processo de ensino de valores fundamentais, fundantes da vida cidadã, “tanto no Ensino Infantil, quanto no Ensino Fundamental e por que não continuando no nível universitário”. Uma das apostas de Vélez é a volta da Educação Moral e Cívica, disciplina criada em 1969, durante o período da ditadura militar, e extinta em 1993.





Por: ANA LUIZA BASILIO - Carta Capital

Outras notícias

Comentários