Spigreen
Notícias recentes
Bandeira tarifária de outubro será amarela, diz Aneel

Bandeira tarifária de outubro será amarela, diz Aneel

access_time28/09/2019 09:45

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou na tarde de sexta-feira (27) que a bandeira

Presidente do Ibama pede exoneração do cargo

Presidente do Ibama pede exoneração do cargo

access_time08/01/2019 07:57

A cientista política Suely Araújo pediu exoneração do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Re

Câmeras de motel flagram casal chegando junto e ex-marido saindo sozinho após mulher ser assassinada em quarto; veja vídeo

Câmeras de motel flagram casal chegando junto e ex-marido saindo sozinho após mulher ser assassinada em quarto; veja vídeo

access_time26/10/2018 10:47

Imagens do circuito interno de segurança de um motel em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiab

Menor homem do mundo morre no Nepal aos 27 anos

Menor homem do mundo morre no Nepal aos 27 anos

Khagendra Thapa Magar, que tinha 67,08 centímetros de altura, foi vítima de uma pneumonia

access_time18/01/2020 11:03

O homem mais baixo do mundo capaz de caminhar, segundo o livro Guinness dos Recordes, morreu nesta sexta-feira (17) no Nepal. Ele tinha 27 anos.

Khagendra Thapa Magar, que tinha 67,08 centímetros de altura, morreu por causa de uma pneumonia em um hospital de Pokhara, a 200 km de Katmandu, onde morava com os pais.

De acordo com amigos, ele também vinha sofrendo recentemente de problemas cardíacos e asma.


Khagendra nasceu em 14 de outubro de 1992 no distrito nepalês de Baglung. Ele era o filho mais velho de Roop Bahadur e Dhan Maya.

"Era tão pequenino que quando nasceu, cabia na palma da mão e era difícil dar banho nele por ser tão pequeno", contou seu pai, Roop Bahadur, segundo o Guiness World Records.

Khagendra Thapa Magar, ex-homem mais baixo do mundo, olha nesta segunda-feira (13) para sua medalha do Livro Guinness de Recordes, enquanto esperava por audiência com o premiê do Nepal, Jhala Nath Khanal, em Katmandu. Ele entregou um documento ao premiê p — Foto: AP
Khagendra Thapa Magar, ex-homem mais baixo do mundo, olha nesta segunda-feira (13) para sua medalha do Livro Guinness de Recordes, enquanto esperava por audiência com o premiê do Nepal, Jhala Nath Khanal, em Katmandu. Ele entregou um documento ao premiê p — Foto: AP


Quando foi declarado o homem mais baixo do mundo em 2010, após completar 18 anos, ele foi fotografado exibindo um certificado não muito menor que ele.

Mas em seguida, perdeu o título quando foi descoberto o nepalês Chandra Bahadur Dangi, que tinha 54,6 centímetros, e foi nomeado o homem móvel mais baixo do mundo. Porém, quando Dangui morreu, em 2015, Magar recuperou o recorde.

Magar se tornou garoto propaganda de uma campanha de turismo do Nepal, onde aparecia como o menor homem do mundo promovendo um país conhecido por ter a montanha mais alta, o monte Everest.

Por causa do título, Magar viajou para mais de uma dezena de países e visitou emissoras de TV da Europa e dos Estados Unidos.

Khagendra Thapa Magar é fotografado com miss Nepal de 2010, Sadichha Shrestha (no centro), e as duas vices da miss em Katmandu no Nepal, em 24 de setembro de 2014  — Foto: Prakash Mathema / AFP
Khagendra Thapa Magar é fotografado com miss Nepal de 2010, Sadichha Shrestha (no centro), e as duas vices da miss em Katmandu no Nepal, em 24 de setembro de 2014 — Foto: Prakash Mathema / AFP




Por: Por G1

Outras notícias

Comentários