anuncie aqui vermelho
Notícias recentes
Receita recebe Imposto de Renda de quem não entregou dentro do prazo

Receita recebe Imposto de Renda de quem não entregou dentro do prazo

access_time02/05/2019 08:02

Os contribuintes que perderam o prazo de entrega da declaração de Imposto de Renda das Pessoas Físic

Presidente do Inep explica como será a primeira edição do Enem digital

Presidente do Inep explica como será a primeira edição do Enem digital

access_time08/01/2021 06:14

Pela primeira vez, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terá uma versão digital. A prova será apl

Na Argentina, Santos e Boca Juniors abrem semifinal da Libertadores

Na Argentina, Santos e Boca Juniors abrem semifinal da Libertadores

access_time06/01/2021 16:54

O mítico estádio da Bombonera, em Buenos Aires, recebe na noite desta quarta-feira (6), a partir das

Milhares de pessoas protestam na França contra medidas sanitárias adotadas pelo governo

Milhares de pessoas protestam na França contra medidas sanitárias adotadas pelo governo

access_time18/07/2021 11:47

Cerca de 114 mil pessoas, de acordo com números do Ministério do Interior, se manifestaram nas principais cidades da França neste sábado (17) contra as últimas medidas governamentais de combate à pandemia do coronavírus, as quais eles chamam de "ditadura da saúde".

As medidas devem ser aprovadas na próxima segunda-feira pelo Conselho de Ministros e serão debatidas na Assembleia Nacional dois dias depois. Entre elas estão tornar obrigatória a vacinação dos trabalhadores da área da saúde e exigir um passaporte com programa de vacinação completa ou teste de Covid-19 com resultado negativo para acesso a um grande número de atividades sociais.

Os manifestantes exibiram cartazes contra a chamada "ditadura da saúde" e com pedidos como "liberdade" e "deixem meu corpo em paz", além de denúncias como "a covid mata a democracia", os manifestantes marcharam para demonstrar seu descontentamento.

"Entendo aqueles que estão relutantes em demonstrar, mas acho que precisamos convencer todos os nossos concidadãos a se vacinarem a todo custo", declarou hoje o primeiro-ministro francês, Jean Castex, em uma viagem a Anglet. "A linha é clara: devemos ser vacinados", reiterou.

As novas medidas, anunciadas pelo presidente Emmanuel Macron na última segunda-feira, visam incentivar a vacinação para combater a propagação da variante delta do coronavírus, que já responde por mais de 67% de todas as novas infecções detectadas na França.





Por: Agência EFE

Outras notícias

Comentários