anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Projeto que permite mineração em reservas ambientais deve ser votado até o fim do mês, diz Janaina

Projeto que permite mineração em reservas ambientais deve ser votado até o fim do mês, diz Janaina

access_time15/11/2023 12:46

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) retirou de pauta projeto de lei complementar que abre a possi

STF anula apreensão de quase 700 quilos de cocaína

STF anula apreensão de quase 700 quilos de cocaína

access_time07/06/2023 10:13

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) acatou recurso de um réu e invalidou a apreensão de cer

Dono luta com ladrão que invadiu casa, tentou furtar carro em Colíder e foi preso

Dono luta com ladrão que invadiu casa, tentou furtar carro em Colíder e foi preso

access_time04/10/2023 10:44

O homem, de 28 anos, foi preso por policiais militares de Colíder, ontem à noite, acusado de tentar

Moraes determina a apreensão do passaporte de Bolsonaro
Foto: Nelson Júnior/STF | Foto: Foto: Nelson Júnior/STF

Moraes determina a apreensão do passaporte de Bolsonaro

Ordem consta na mesma decisão que resultou na captura do aparelho celular do ex-presidente

access_time03/05/2023 17:13

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que a Polícia Federal (PF) apreendesse as armas, as munições e o passaporte do ex-presidente Jair Bolsonaro. A PF cumpriu a ordem na manhã desta quarta-feira, 3.

“Determino a busca e apreensão de armas, munições, computadores, passaporte, tablets, celulares e outros dispositivos eletrônicos, bem como de quaisquer outros materiais relacionados aos fatos aqui descritos”, ordenou Moraes.

A determinação faz parte da mesma decisão que resultou na captura do aparelho celular do ex-presidente. A PF realizou buscas e apreensões nesta manhã na casa do ex-presidente, em Brasília. A ação faz parte da Operação Verine.

Os policiais também prenderam o tenente-coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Bolsonaro. O militar está detido preventivamente, conforme a PF. Os agentes investigam um grupo suspeito de inserir “dados falsos” da vacinação contra a covid-19 nos sistemas do Ministério da Saúde.

A PF cumpre 16 mandados de busca e apreensão, mais seis mandados de prisão preventiva, em Brasília e no Rio de Janeiro.

“A estrutura criminosa criada no município de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, foi utilizada para propiciar que pessoas do círculo próximo do ex-presidente pudessem burlar as regras sanitárias impostas na pandemia e manter coeso o elemento identitário do grupo em relação a suas pautas ideológicas, no caso, sustentar o discurso voltado aos ataques à vacinação contra a covid-19”, argumentou a PF.

Segundo Moraes, Bolsonaro tinha posicionamentos “públicos” contra a vacinação da covid-19.





Por: Rute Moraes da Revista Oeste

Outras notícias

Comentários