anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Florestas americanas estão queimando

Florestas americanas estão queimando

access_time08/06/2023 12:05

Os incêndios que atingem as florestas do Canadá estão provocando problemas em várias cidades dos Est

Novo presidente da Aprosoja, Lucas Beber vai focar trabalho na

Novo presidente da Aprosoja, Lucas Beber vai focar trabalho na "sustentabilidade socioambiental"

access_time14/11/2023 16:21

O produtor Lucas Costa Beber, foi eleito nesta segunda-feira (13) novo presidente da Associação dos

General faz alerta sobre o governo Lula

General faz alerta sobre o governo Lula

access_time30/01/2023 08:45

O general da reserva Luiz Eduardo Rocha Paiva publicou um artigo em que faz um alerta sobre o govern

Moraes manda soltar cinco mulheres de MT presas em atos no 8 de janeiro
Mulheres participaram de invasão às sedes dos 3 Poderes, em Brasília (foto: reprodução)

Moraes manda soltar cinco mulheres de MT presas em atos no 8 de janeiro

Lindalva Cesária de Campos, Juliana Ramira Martins, Vanessa Mayara Lopes da Silva, Greicielle Duarte de Arruda e Eliete Ferreira de Moraes vão ser liberadas ainda nesta quinta-feira (09)

access_time09/03/2023 12:10

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou soltar cinco mulheres moradoras de Mato Grosso, que haviam sido presas por envolvimento nos atos do dia 8 de janeiro, em Brasília.

Conforme documento obtido pela reportagem, as mato-grossenses Lindalva Cesária de Campos, Juliana Ramira Martins, Vanessa Mayara Lopes da Silva, Greicielle Duarte de Arruda e Eliete Ferreira de Moraes vão ser liberadas ainda nesta quinta-feira (09).

A decisão da soltura foi proferida nessa quarta-feira (08). Moraes, porém, impôs medidas cautelares para as mulheres, como usar tornozeleira eletrônica, não poder sair de casa de noite. Também deverão se apresentar à comarca todas as segundas-feiras, não podem usar as redes sociais nem se comunicar com outros envolvidos nos atos por nenhum meio.

A defesa de Juliana, Vanessa, Greicille e Eliete foi feita pelo advogado Akio Maluf Sasaki, apontou que elas estavam em situação parecida com a de Jacira Maria da Costa e Silva, ex-presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários de Mato Grosso (Sindspen), que conseguiu liberdade no dia 27 de fevereiro.

São pessoas com réus primários, possuem bons antecedentes, possuem predicados favoráveis, e foram denunciadas pela PGR na ação que trata dos instigadores dos atos antidemocráticos, de acordo com a petição.





Por: JOÃO AGUIAR DO REPÓRTER MT

Outras notícias

Comentários