anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Homem persegue ex-mulher e é preso após descumprir medida protetiva em Guarantã

Homem persegue ex-mulher e é preso após descumprir medida protetiva em Guarantã

access_time20/02/2024 09:38

O descumprimento de uma medida protetiva ocorreu na noite desta segunda-feira (19-02) por volta das

CBF admite erro da arbitragem em pênalti não marcado em Grêmio x Corinthians

CBF admite erro da arbitragem em pênalti não marcado em Grêmio x Corinthians

access_time14/11/2023 16:31

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) admitiu que sua arbitragem cometeu um erro na vitória do 

PF faz operação contra tráfico de drogas em Peixoto, Sorriso e Cuiabá

PF faz operação contra tráfico de drogas em Peixoto, Sorriso e Cuiabá

access_time28/09/2023 11:22

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira, 28/9, a Operação Pelos Ares, com o objetivo reprimir

Moraes manda soltar marido de cuiabana preso por 8 de Janeiro, mas proíbe redes sociais
Joelson é o 11º a ser libertado por Moraes após morte na Papuda (foto: reprodução)

Moraes manda soltar marido de cuiabana preso por 8 de Janeiro, mas proíbe redes sociais

Joelton e Alessandra invadiram o prédio do Senado no dia 8 de Janeiro, junto a centenas de outros manifestantes

access_time29/11/2023 06:38

O ministro do STF, Alexandre de Moraes, revogou nesta terça-feira (28) a prisão de Joelton Gusmão de Oliveira, marido da cuiabana Alessandra Faria Rondon. Ele é a 11ª pessoa colocada em liberdade desde que o empresário Cleriston Pereira, 46 anos, morreu no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, na semana passada.

A Procuradoria-Geral da República havia concordado com a soltura de Joelton no início de outubro, mas Moraes só analisou o pedido nesta terça. Alessandra já havia sido solta no mês de agosto.

Joelton será monitorado por tornozeleira eletrônica e está proibido de deixar o Brasil e de utilizar redes sociais. Ele também precisará se apresentar semanalmente à Justiça.

Joelton e Alessandra invadiram o prédio do Senado no dia 8 de Janeiro, junto a centenas de outros manifestantes revoltados com a eleição de Lula (PT).

O casal mora em Vitória da Conquista (BA), mas ela é de Cuiabá e ele, de Jordânia (MG). Em vídeo durante a invasão do Senado, Alessandra chama os senadores mato-grossenses – Carlos Fávaro (PSD-MT), ministro da Agricultura do Governo Lula, Wellington Fagundes (PL-MT) e Jayme Campos (União-MT) – de “traidores da pátria”.

Atualmente, outros 47 presos por envolvimento no 8 de Janeiro permanecem na Papuda, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária do Distrito Federal.





Por: EUZIANY TEODORO DO REPÓRTERMT

Outras notícias

Comentários