anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
PM realiza aula inaugural do curso de formação de 560 alunos soldados e oficiais

PM realiza aula inaugural do curso de formação de 560 alunos soldados e oficiais

access_time11/07/2023 11:15

A Polícia Militar de Mato Grosso realizou, na tarde desta segunda-feira (10.07), a aula inaugural do

Advogado da família de estudante de MT que morreu em show diz que houve falha e omissão

Advogado da família de estudante de MT que morreu em show diz que houve falha e omissão

access_time27/12/2023 18:00

Após a divulgação do laudo que apontou que a jovem Ana Clara Benevides Machado, 23 anos, morreu por

Prefeitura entra com ação no STF contra criação de novo município em Mato Grosso

Prefeitura entra com ação no STF contra criação de novo município em Mato Grosso

access_time14/02/2024 07:14

A Prefeitura de Nova Ubiratã entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar rever

Moraes manda soltar mato-grossense preso por atos de 8 de janeiro e proíbe uso de redes sociais
Na decisão do último dia 21, Alexandre de Moraes, ao revogar a prisão, cita o avanço nas investigações e impõe medidas cautelares ao mato-grossense, como o uso de tornozeleira eletrônica. (foto: reprodução)

Moraes manda soltar mato-grossense preso por atos de 8 de janeiro e proíbe uso de redes sociais

Em março, a defesa já havia solicitado a soltura de Jairo, entretanto o pedido de revogação da prisão preventiva foi negado

access_time24/11/2023 10:07

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, revogou a prisão preventiva do mato-grossense Jairo de Oliveira Costa, preso por participação nos atos de 8 de janeiro em Brasília.

Em março, a defesa já havia solicitado a soltura do empresário, entretanto o pedido de revogação da prisão preventiva foi negado, conforme, inclusive, manifestação da Procuradoria Geral da República (PGR).

O mesmo ocorreu em junho, porém foi indeferido mais uma vez. Segundo o ministro, a negativa seria para garantir a ordem pública e a conveniência da instrução criminal.

Na decisão do último dia 21, Alexandre de Moraes, ao revogar a prisão, cita o avanço nas investigações e impõe medidas cautelares ao mato-grossense, como o uso de tornozeleira eletrônica.

Além disso, Jairo, que é morador de Campo Verde (137 km de Cuiabá), não poderá viajar e nem usar as redes sociais.

Assim, considerando o avanço das investigações e a manifestação da Procuradoria-Geral da República, vejo que é possível a substituição da prisão preventiva anteriormente decretada por medidas cautelares”, diz trecho da decisão.

Morte na Papuda
A decisão de Moraes, em libertar o mato-grossense Jairo, veio após a morte do empresário Cleriston Pereira, que estava preso preventivamente na Penitenciária da Papuda, em Brasília, por suposta participação nos atos de 8 de janeiro.

Moraes negou um pedido para que o empresário fosse colocado em liberdade provisória, em função de seus problemas de saúde. Cleriston morreu após passar mal durante o "banho de sol" na penitenciária, na segunda-feira (20). Informação preliminar é de que o empresário sofreu um infarto fulminante.





Por: FERNANDA ESCOUTO DO REPÓRTERMT

Outras notícias

Comentários