anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Polícias Civil e Militar procuram por autor de homicídio de sargento

Polícias Civil e Militar procuram por autor de homicídio de sargento

access_time25/01/2024 09:43

As equipes da Polícia Civil e Polícia Militar em trabalho conjunto identificaram e procuram por um d

Conselho aprova Mercadante para presidir BNDES

Conselho aprova Mercadante para presidir BNDES

access_time26/01/2023 06:49

O Conselho de Administração do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou

Governo de MT entrega novo Batalhão da Força Tática da Polícia Militar nesta terça-feira (09)

Governo de MT entrega novo Batalhão da Força Tática da Polícia Militar nesta terça-feira (09)

access_time09/04/2024 07:36

O Governo de Mato Grosso entrega, nesta terça-feira (09.04), o novo prédio da Força Tática do 1º Com

Moraes telefonou para Pacheco antes de a PF entrar no Senado
Moraes elogiou Pacheco, dizendo que ele demonstrou empenho em defesa 'da ordem democrática' e do Estado de Direito' | Foto: Divulgação/TSE

Moraes telefonou para Pacheco antes de a PF entrar no Senado

Polícia realizou busca e apreensão no gabinete do parlamentar na tarde desta quinta-feira, 15

access_time15/06/2023 19:09

Pouco antes das 15 horas desta quinta-feira, 15, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), ligou para o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), avisando que a Polícia Federal (PF) faria uma busca e apreensão no gabinete do senador Marcos do Val (Podemos-ES).

Conforme apurou a reportagem, a Polícia do Senado também comunicou o senador sobre a chegada da PF às dependências da Casa. Diante disso, Pacheco determinou que a Polícia e a Advocacia do Senado acompanhassem as diligências em Brasília.

A PF usou carros descaracterizados para realizar as diligências. O ministro teria pedido uma operação discreta. Depois de mais de duas horas no gabinete de Marcos do Val, os agentes saíram carregando um malote.

A operação foi deflagrada por ordem do ministro. Além do gabinete dele na Casa, a polícia foi à casa do parlamentar em Brasília e na residência dele no Espírito Santo. O parlamentar não está na capital federal, mas no Espírito Santo.

Ele estaria comemorando seu aniversário que acontece hoje. Moraes determinou ainda que a PF ouça o senador o mais rápido possível para apurar a suposta obstrução de justiça — razão da realização da operação.

Há dois dias, o senador usou o perfil no Twitter para divulgar documentos então sigilosos da Agência Brasileira de Inteligência. Na quarta-feira 14, Marcos do Val fez uma publicação afirmando que as decisões do ministro são “anticonstitucionais” e que caberia aos senadores “fiscalizar, afastar e até ‘impeachmar’ ministros do STF”. Agora, no entanto, o Twitter do senador foi bloqueado em cumprimento da ordem contra parlamentar.





Por: Rute Moraes da Revista Oeste

Outras notícias

Comentários