anuncie aqui
Notícias recentes
Sobe para 50 o número de mortos nos dois incêndios na Califórnia

Sobe para 50 o número de mortos nos dois incêndios na Califórnia

access_time14/11/2018 10:16

As autoridades americanas informaram nesta terça-feira (13) que encontraram outros seis corpos no gi

Avião que transportava jogador argentino Emiliano Sala está desaparecido

Avião que transportava jogador argentino Emiliano Sala está desaparecido

access_time22/01/2019 09:26

O avião privado que transportava o jogador argentino Emiliano Sala desapareceu enquanto sobrevoava o

Comunicado do posto de atendimento da SEFAZ

Comunicado do posto de atendimento da SEFAZ

access_time21/02/2019 09:37

O posto de atendimento da SEFAZ que funcionava na Secretaria Municipal de Agricultura mudou de ender

Motorista de transporte escolar suspeito de abusar de aluno enviava mensagens para vítima, diz delegado

Motorista de transporte escolar suspeito de abusar de aluno enviava mensagens para vítima, diz delegado

José Adalberto Ribeiro Santos foi preso na terça-feira (25) e deve prestar depoimento. Segundo a prefeitura de Novo Mundo, o servidor de 57 anos foi afastado após tramitação de um PAD

access_time27/09/2018 08:53

Suspeito de abusar de um aluno de 11 anos, um motorista do transporte escolar de Novo Mundo, a 791 km de Cuiabá, enviava mensagens para vítima através de um aplicativo de celular, segundo a Polícia Civil. José Adalberto Ribeiro Santos, de 57 anos, foi preso na terça-feira (25), em Sinop, a 503 km da capital. O G1 não conseguiu localizar a defesa dele.

De acordo com o delegado Waner Neves, da Polícia Civil, que investiga o caso, José Adalberto aliciou o menino através de mensagens. O conteúdo foi descoberto pela mãe do menino, que denunciou o caso à polícia.

José Adalberto foi detido e teve a prisão temporária decretada. Ele ainda deve prestar depoimento. O processo tramita sob segredo de Justiça. A vítima, segundo a polícia, já foi ouvida e confirmou os abusos. O crime teria ocorrido no mês passado.

De acordo com o secretário de Educação de Novo Mundo, Clodoaldo Daufenbach, assim que denúncia chegou à prefeitura, um processo administrativo foi aberto e o servidor afastado.

No entanto, o servidor não apareceu mais no trabalho desde que foi denunciado. “Tomamos providências desde que a denúncia chegou à prefeitura, mas ele não veio mais trabalhar, desde então”.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários