Kurupí
Notícias recentes
Promotor de Justiça que ameaçou PMs após ser flagrado dirigindo bêbado é denunciado por 10 crimes

Promotor de Justiça que ameaçou PMs após ser flagrado dirigindo bêbado é denunciado por 10 crimes

access_time07/06/2018 11:11

O promotor de Justiça substituto Fábio Camilo da Silva foi denunciado à Justiça nessa quarta-feira (

Calendário cultural, social e esportivo de Peixoto de Azevedo

Calendário cultural, social e esportivo de Peixoto de Azevedo

access_time14/05/2019 11:41

A Prefeitura Municipal de Peixoto de Azevedo informa o calendário cultural, social e esportivo para

Inscrições para o Enem 2019 encerram na sexta-feira

Inscrições para o Enem 2019 encerram na sexta-feira

access_time14/05/2019 08:37

Quem ainda não se inscreveu para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 tem até a próxima sext

MPC investiga supostas irregularidades em licitação do governo para compra de maquinário
Proposta do governo adquirir pás-carregadeiras, caminhões e veículos (Foto: Maria Anffe/GcomMT)

MPC investiga supostas irregularidades em licitação do governo para compra de maquinário

A suspeita é de que o governo tenha direcionado a licitação. Ao todo, o governo pretende usar R$ 51,8 milhões para a aquisição de pás-carregadeira, caminhões e veículos

access_time13/06/2018 18:46

O Ministério Público de Contas de Mato Grosso (MPC-MT) abriu uma investigação para apurar supostas irregularidades na licitação para compra de maquinário pelo governo. A suspeita é de que o governo tenha direcionado o certame.

O edital é gerido pela Secretaria Estadual de Gestão (Seges-MT).

Por meio de assessoria, a pasta negou o direcionamento e afirmou que as especificações apontadas como exigências são, na verdade, qualificação técnica.

O edital pede que a marca do maquinário tenha três lojas no estado ou apresente três pessoas jurídicas que possam atender como assistência técnica.

A denúncia de que uma empresa seria supostamente beneficiada com o edital foi feita pela deputada estadual Janaína Riva (MDB).

O pregão eletrônico estava marcado para acontecer no dia 6 de junho. O governo, entretanto, suspendeu o processo, “tendo em vista a necessidade de adequações”.

Em março, o Executivo pediu permissão aos deputados, que concederam a autorização, para empréstimo de R$ 51 milhões para a compra.

Do total a ser utlizado, R$ 45,3 milhões devem ser usados para a aquisição de 71 pás carregadeiras e caminhões basculantes.

Os R$ 6,4 milhões restantes, segundo a proposta, serão destinados à aquisição de 150 carros de passeio que devem ser entregues aos conselhos tutelares dos municípios do estado.

Autorização dos deputados
O Poder Executivo encaminhou o projeto à Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) no dia 24 de maio. No mesmo dia o pedido foi lido em plenário. Ele foi aprovado em duas votações.

A deputada Janaína Riva (MDB) criticou o empréstimo, mas votou favorável. "Se existe a necessidade dessas aquisições, porque o governo não se organizou para fazer isso antes?", afirmou. Ela disse, no entanto, que não poderia votar contra porque os municípios serão beneficiados com a compra dos maquinários.

O líder do governo, Wilson Santos (PSDB), alegou que o governo tem capacidade de endividamento. "Os maquinários que serão comprados vão atender quase 100% dos municípios do estado", declarou.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários