Spigreen
Notícias recentes
Madeireiras de cidade em MT destruída por incêndio terão que apresentar plano de destinação de resíduos

Madeireiras de cidade em MT destruída por incêndio terão que apresentar plano de destinação de resíduos

access_time29/08/2019 09:30

A Justiça de Mato Grosso deu prazo de 90 dias para que as madeireiras de Marcelândia, a 712 km de Cu

Sisu: termina hoje prazo de matrícula em instituições de ensino

Sisu: termina hoje prazo de matrícula em instituições de ensino

access_time04/02/2019 07:24

Hoje (4) é o último dia para que os estudantes selecionados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) f

Congonhas e mais 4 aeroportos só têm combustível para hoje, diz Infraero

Congonhas e mais 4 aeroportos só têm combustível para hoje, diz Infraero

access_time23/05/2018 16:30

Um relatório da Infraero de 11h09 aponta que os aeroportos de Congonhas, em São Paulo, e os de Palma

MT bate recorde em apreensões de madeira irregular, segundo PRF
Madeira apreendida pela PRF — Foto: PRF-MT

MT bate recorde em apreensões de madeira irregular, segundo PRF

Volume de apreensões corresponde a 327 caminhões carregados de madeira. Espécies mais encontradas nos flagrantes são a Itaúba e o Angelim

access_time12/12/2019 09:41

Um levantamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF) aponta que Mato Grosso é recordista em apreensões de madeira irregular nas rodoviais federais que cortam o estado. No total, 6.542 metros cúbicos de madeira foram apreendidos, de janeiro até o momento.

Ainda segundo a PRF, esse volume de apreensões corresponde a 327 caminhões carregados. Este índice também pode ser equiparado a cerca de 6 mil árvores derrubadas sem autorização dos órgãos ambientais, em todo o estado.

As espécies mais encontradas nos flagrantes são a Itaúba e o Angelim, mas há também a Castanheira, com corte e comercialização proibidos no Brasil. Muitas vezes, os policiais localizam espécies ou quantidades divergentes do que está sendo declarado.

As principais irregularidades cometidas são o transporte sem guia florestal ou documento de origem florestal, a reutilização de documentação emitida para outra carga ou mesmo documentação falsa.

Uma das apreensões ocorreu na terça-feira (10), na BR-163, nos municípios de Guarantã do Norte e Matupá, a 721 km e 696 km de Cuiabá, respectivamente. Na ocasião, foram 103 metros cúbicos de madeira foram retidos e três pessoas presas





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários