Banner Outras
Notícias recentes
Falta de chuva pode determinar bandeira vermelha até novembro, diz ONS

Falta de chuva pode determinar bandeira vermelha até novembro, diz ONS

access_time09/08/2018 08:34

O diretor geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Eduardo Barata, disse hoje (8)

Atenção contribuintes já está valendo no município o REFIS 2019

Atenção contribuintes já está valendo no município o REFIS 2019

access_time15/05/2019 09:06

Não perca a oportunidade de quitar seus débitos fiscais junto a Prefeitura Municipal de Peixoto de A

ALMT não localiza 4 carros do órgão e abre procedimento para investigar servidor

ALMT não localiza 4 carros do órgão e abre procedimento para investigar servidor

access_time16/05/2018 18:54

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) instaurou um procedimento administrativo para investi

MT já registrou mais de 22,6 mil focos de queimada e brigadistas de outros estados ajudam no combate ao fogo
Mato Grosso registrou nos 12 primeiros dias de setembro 5.860 focos de incêndio. — Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

MT já registrou mais de 22,6 mil focos de queimada e brigadistas de outros estados ajudam no combate ao fogo

O número de queimadas neste ano corresponde a um aumento de 64% se comparado ao mesmo período do ano passado

access_time13/09/2019 14:59

Mato Grosso registrou de janeiro até agora mais de 22,6 mil focos, 64% a mais em relação ao mesmo período no ano passado, conforme informações do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Em agosto houve o primeiro pico das queimadas, 8.030 ocorrências, média de 259 focos de calor por dia. Mas em setembro a situação pode ser ainda pior. Nos 12 primeiros dias foram 5.860 focos, uma média de 488 focos por dia, aumento de 88,4% do que a média diária em relação a agosto.

Militares e brigadistas formam equipes pra apagar o fogo em regiões onde as chamas são tão altas que entrar na mata é um risco. Para isso, 85 homens do Exército já estão ajudando os bombeiros no estado, a maior parte em Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá.

O Instituto Chico Mendes está remanejando profissionais para Chapada. Brigadistas de outras unidades, como do Parque Nacional da Chapada Diamantina, na Bahia, e da Reserva Biológica Mata Escura, em Minas Gerais. O Ibama também está mandando ajuda, 45 brigadista de outros estados.

Hoje desembarcam no Brasil seis peritos da guarda florestal americana. Eles também vão para a Chapada dos Guimarães. O reforço é necessário porque os focos de queimadas não param de subir em Mato Grosso.

São tantos os lugares queimando que o combate demora para chegar.

A Serra Tapirapuã, em Nova Olímpia, a 207 km de Cuiabá, está queimando há uma semana. O fogo já destruiu mais de 4 mil hectares de áreas de preservação.





Por: Ianara Garcia, TV Centro América

Outras notícias

Comentários