anuncie aqui
Notícias recentes
Os 101 ocupantes do avião que caiu no México estão vivos, diz empresa

Os 101 ocupantes do avião que caiu no México estão vivos, diz empresa

access_time01/08/2018 08:19

O diretor da companhia Aeroméxico, Andrés Conesa, disse que por enquanto "não há relatos" de vítimas

Menina é detida com 30 kg de maconha na BR-163 em MT e diz que receberia R$ 4 mil para entregar droga

Menina é detida com 30 kg de maconha na BR-163 em MT e diz que receberia R$ 4 mil para entregar droga

access_time23/08/2018 08:59

Uma menor de idade foi detida em um ônibus pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-163 em Rondon

Neymar é liberado para treinar após reunião com médico da seleção

Neymar é liberado para treinar após reunião com médico da seleção

access_time12/05/2018 13:38

Após a notícia do corte de Daniel Alves da Copa do Mundo, o técnico Tite recebeu boas novas. Na ma

MT reduz em 40% o índice de queimadas em 2018, segundo Comitê do Fogo

MT reduz em 40% o índice de queimadas em 2018, segundo Comitê do Fogo

Foram 150 dias dedicados ao combate a incêndios nas zonas rural e urbana

access_time03/10/2018 08:09

Este ano, Mato Grosso reduziu em 40% o número de focos de incêndio, segundo a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema). Os dados foram divulgados nesta terça-feira (2), data em que se encerra o período proibitivo de queimadas na zona rural.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, André Baby, a redução foi possível por causa de ação conjunta entre diversas instituições, o que possibilitou a prevenção dos focos de calor.

No entanto, o secretário ressaltou que é preciso investir em conscientização, capacitação, infraestrutura e tecnologia para que as instituições consigam resultados mais positivos.

O comandante do Corpo de Bombeiros, Alessandro Borges, ressaltou que a conscientização e a prevenção são as 'armas' para que o estado consiga reduzir ainda mais os índices de queimadas.

“Temos tido resultados bastante satisfatório na zona rural, municípios que tinham um alto índice de incêndios e que, neste ano, conseguiram não ter nenhum registro”, disse ele.

Por outro lado, segundo o comandante, na zona urbana, especialmente próximo às áreas de conservação, é preciso que as pessoas tenham mais consciência quanto a não colocar fogo.

“A cultura de pôr fogo em lixo e quintais tem que acabar”, reforçou.

Tanto a Sema, quanto o Corpo de Bombeiros, ressaltaram que a extensão do estado ainda é um problema.

“Especialmente nas áreas de conservação, precisamos ter equipes fixas que comecem a fazer um trabalho de conscientização bem antes do período de estiagem para que consigamos resultados melhores”, disse o secretário de Meio Ambiente.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários