Spigreen
Notícias recentes
Marido é preso suspeito de quebrar braço de mulher e impedir socorro em MT

Marido é preso suspeito de quebrar braço de mulher e impedir socorro em MT

access_time15/10/2019 16:01

Um homem de 41 anos foi preso em Sinop, a 503 km de Cuiabá. Ele é suspeito de quebrar o braço da mul

Governo do AM confirma 42 novas mortes em presídios; total chega a 57

Governo do AM confirma 42 novas mortes em presídios; total chega a 57

access_time28/05/2019 08:04

O governo do Amazonas informou que foram encontrados, nesta segunda-feira (27), 42 detentos mortos.

Empresário é detido embriagado dirigindo Porsche na Capital

Empresário é detido embriagado dirigindo Porsche na Capital

access_time25/11/2019 12:32

O empresário Wellyton Henrique Prezotto, de 25 anos, dono da churrascaria Nativas Grill, foi preso n

Mulher é agredida pelo namorado com golpes de machado na cabeça enquanto dormia
Mulher foi agredida com golpes de machado na cabeça em Primavera do Leste (Foto: TV Centro América)

Mulher é agredida pelo namorado com golpes de machado na cabeça enquanto dormia

A vítima, de 39 anos, foi atingida por dois golpes na cabeça e sobreviveu. Homem invadiu casa, entrou no quarto e tentou matar a vítima

access_time26/06/2018 07:44

Uma mulher foi agredida com golpes de machado na cabeça enquanto dormia, no sábado (23), na casa da mãe dela, em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá.

A vítima, de 39 anos, foi atingida por dois golpes na cabeça e sobreviveu. Ela se recupera da agressão em casa. A mulher, que não quer se identificar, viveu um relacionamento onde o medo era constante.
 

“Foram 7 meses de muita ameaça”, afirmou.


Ela morava com o namorado em uma fazenda que fica no limite entre Primavera do Leste e Poxoréu, sudeste do estado. Na madrugada do último sábado, enquanto estava dormindo, foi agredida por ele com dois golpes de machado. Ele invadiu a casa da mãe dela e entrou no quarto onde elas dormiam.

“Ele veio e me golpeou com o machado. Eu pensei que eu ia morrer, que hoje eu não estaria aqui. Foi Deus que colocou a mão sobre mim”, declarou.

De sábado até esta segunda-feira (25) a PM da cidade atendeu 5 casos de mulheres que estavam sendo ameaçadas ou agredidas pelos companheiros. Dessas situações, em 4 os suspeitos foram detidos e levados para a delegacia

A Polícia Civil já identificou o suspeito de agredir a mulher com golpes de machado, mas ele não foi preso.

Dados

Em cinco meses, 38 mulheres foram assassinadas em Mato Grosso. A maioria por crime passional. Dentre os homicídios registrados, 60% teve motivação passional, 10% por envolvimento com drogas, 3% por vingança, 3% por rixa e 8% por outros movitos. O restante dos casos, segundo os dados, ainda estão sendo apurados.





Por: Márcio Falcão, TV Centro América

Outras notícias

Comentários