Kurupí
Notícias recentes
Justiça determina internação de mulher que tentou invadir escola e agredir alunos com facão em MT

Justiça determina internação de mulher que tentou invadir escola e agredir alunos com facão em MT

access_time01/04/2019 18:27

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), por meio da Comarca de Sinop, a 503 km de Cuiabá determ

Bolsonaro chega a Brasília depois de ter alta hospitalar

Bolsonaro chega a Brasília depois de ter alta hospitalar

access_time13/02/2019 15:28

O presidente Jair Bolsonaro chegou na tarde de hoje (13) a Brasília. Os médicos do Hospital Israelit

Por unanimidade, 2ª Turma do STF nega liberdade a Lula

Por unanimidade, 2ª Turma do STF nega liberdade a Lula

access_time10/05/2018 20:16

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou, por unanimidade, conceder liberdade ao e

Mulher queimada em churrasco morre após ficar 22 dias internada no Pronto-Socorro de Cuiabá
No Facebook, familiares e amigos lamentaram a morte da mulher. — Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

Mulher queimada em churrasco morre após ficar 22 dias internada no Pronto-Socorro de Cuiabá

Aparecida Malsionato sofreu queimaduras enquanto participava de um churrasco em uma propriedade rural de Juara

access_time29/10/2018 17:33

Uma mulher de 43 anos morreu nesse domingo (28), no Pronto-Socorro de Cuiabá, após ficar internada 22 dias.

Aparecida Malsionato sofreu queimaduras enquanto participava de um churrasco em uma propriedade rural de Juara, a 690 km de Cuiabá.

Durante o churrasco, uma das pessoas que estavam presentes deixou cair um recipiente com álcool, que estava pegando fogo, em cima de Aparecida.

Ela foi socorrida pelos amigos e levada, inicialmente, ao Hospital Municipal de Juara.

Devido à gravidade do caso, Aparecida foi transferida para o Pronto-Socorro de Cuiabá.

O corpo de Aparecida foi liberado por policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para ser realizado exame de necrópsia.

No Facebook, familiares e amigos lamentaram a morte da mulher.





Por: Por Flávia Borges, G1 MT

Outras notícias

Comentários