Camara Peixoto
Notícias recentes
GAECO e polícia fazem em Mato Grosso operação Placebo para prender 4 por roubo de cargas; empresas investigadas

GAECO e polícia fazem em Mato Grosso operação Placebo para prender 4 por roubo de cargas; empresas investigadas

access_time27/04/2022 09:09

Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (GAECO), Polícia Rodoviária Federal, Polícia Jud

Homem é preso com quase 500 kg de pescado irregular e carne de animais silvestres em MT

Homem é preso com quase 500 kg de pescado irregular e carne de animais silvestres em MT

access_time31/01/2019 08:53

Um homem foi preso em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, com quase 500 kg de pescado irregular e carn

Unemat define retorno das aulas presenciais no dia 14 com uso obrigatório de máscara

Unemat define retorno das aulas presenciais no dia 14 com uso obrigatório de máscara

access_time07/03/2022 08:50

A Universidade do Estado de Mato Grosso publicou nesta sexta-feira a instrução normativa com as medi

Mulher queimada em churrasco morre após ficar 22 dias internada no Pronto-Socorro de Cuiabá
No Facebook, familiares e amigos lamentaram a morte da mulher. — Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

Mulher queimada em churrasco morre após ficar 22 dias internada no Pronto-Socorro de Cuiabá

Aparecida Malsionato sofreu queimaduras enquanto participava de um churrasco em uma propriedade rural de Juara

access_time29/10/2018 17:33

Uma mulher de 43 anos morreu nesse domingo (28), no Pronto-Socorro de Cuiabá, após ficar internada 22 dias.

Aparecida Malsionato sofreu queimaduras enquanto participava de um churrasco em uma propriedade rural de Juara, a 690 km de Cuiabá.

Durante o churrasco, uma das pessoas que estavam presentes deixou cair um recipiente com álcool, que estava pegando fogo, em cima de Aparecida.

Ela foi socorrida pelos amigos e levada, inicialmente, ao Hospital Municipal de Juara.

Devido à gravidade do caso, Aparecida foi transferida para o Pronto-Socorro de Cuiabá.

O corpo de Aparecida foi liberado por policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para ser realizado exame de necrópsia.

No Facebook, familiares e amigos lamentaram a morte da mulher.





Por: Por Flávia Borges, G1 MT

Outras notícias

Comentários