Spigreen
Notícias recentes
Vereador de Carlinda é preso por homicídio cometido em São Paulo em 1984

Vereador de Carlinda é preso por homicídio cometido em São Paulo em 1984

access_time03/08/2020 13:21

O vereador Manoel Miranda Costa, de 66 anos, foi preso na sexta-feira (31) em Carlinda, norte de Mat

Aquaman: Lançamento no Brasil é antecipado

Aquaman: Lançamento no Brasil é antecipado

access_time30/05/2018 11:29

Mais distante do Natal, mais perto do dia em que o salário cai na conta. Aquaman, aguardado filme qu

Após eleições na Argentina, dólar aproxima-se de R$ 4

Após eleições na Argentina, dólar aproxima-se de R$ 4

access_time13/08/2019 07:49

O resultado das eleições primárias na Argentina refletiu-se no mercado financeiro brasileiro. O dóla

Neymar marca três vezes e seleção vence Peru nas Eliminatórias
© Lucas Figueiredo/CBF/Direitos Reservados

Neymar marca três vezes e seleção vence Peru nas Eliminatórias

Em partida difícil, camisa 10 resolve para o Brasil

access_time14/10/2020 09:17

Em uma partida difícil disputada em Lima, a seleção venceu o Peru nesta quarta-feira (13), de virada, por 4 a 2 e garantiu a liderança das Eliminatórias da Copa na América do Sul, com seis pontos em dois jogos.

Os donos da casa ficaram na frente por duas vezes, mas a equipe de Tite (que completou seu jogo de número 50 no comando da seleção) mostrou poder de reação, empatou e conseguiu a virada com Neymar, que marcou três vezes. O duelo foi transmitido ao vivo pela TV Brasil e pela Rádio Nacional.

Vantagem peruana
O Peru abriu o placar logo aos cinco minutos de jogo com um bonito gol. Aquino avançou pela direita, girou e tentou o passe para a área. Marquinhos afastou mal e Carrillo chegou batendo de perna direita, de primeira, no cantinho do goleiro Weverton.

O Brasil tinha dificuldades em sair com velocidade do campo de defesa com a marcação alta da seleção peruana, e não conseguia chegar à área adversária tocando. A primeira grande chance brasileira veio aos 12 minutos, logo depois de Marquinhos deixar o campo, lesionado, para a entrada de Rodrigo Caio. Richarlison aproveitou lançamento longo e ajeitou de cabeça para Roberto Firmino. O camisa 20 finalizou e Gallese salvou o gol.

Aos 22 minutos, a seleção da casa assustou novamente em um chute cruzado de Gonzáles que Weverton defendeu em dois tempos. Três minutos depois, Neymar foi puxado na área e sofreu pênalti. Ele mesmo foi para a cobrança e empatou. O camisa 10 da seleção brasileira chegou a marcar o segundo dele na partida ainda no primeiro tempo, aos 27 minutos, mas a jogada foi anulada por impedimento de Richarlison no início do lance.

Vitória na etapa final
A segunda etapa começou com o Peru melhor. Logo aos cinco minutos, Trauco apareceu na área e chutou cruzado de perna esquerda, obrigando Weverton a fazer grande defesa. Aos 13 minutos, a equipe da casa ficou novamente na frente. Tapia arriscou de fora da área, a bola desviou em Rodrigo Caio e enganou Weverton.

Assim como no primeiro tempo, o Brasil reagiu. Neymar cobrou escanteio pela esquerda, Roberto Firmino desviou na segunda trave e Richarlison completou. O lance foi para análise do VAR (árbitro de vídeo), que demorou quatro minutos para confirmar o gol do Brasil.

A virada veio aos 34 minutos. Neymar dividiu no alto e a bola sobrou para Richarlison. O atacante lança Everton, que invade a área e cruza rasteiro. Neymar foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. O camisa 10 foi para a cobrança e, com categoria, fez o terceiro do Brasil.

No fim do jogo, o zagueiro Zambrano recebeu cartão vermelho por uma cotovelada no rosto de Richarlison. O Brasil partiu para cima e fez o quarto gol. Éverton passou para Everton Ribeiro, que chutou na saída de Gallese. A bola desviou no goleiro, bateu na trave direita e Neymar apareceu para fazer o terceiro dele no jogo.

Marca de Neymar
Com o triplete da noite desta terça-feira, Neymar atingiu a marca de 64 gols com a camisa da seleção brasileira, de acordo com a Fifa. Ele superou Ronaldo Fenômeno e agora é o segundo jogador com mais gols pelo Brasil em partidas oficiais, atrás apenas de Pelé, que tem 77 gols. Na contagem da CBF, que leva em consideração partidas contra clubes e combinados, Neymar também tem 64 gols e ainda está atrás de Ronaldo e Zico. O Fenômeno aparece com 67 gols e o ídolo do Flamengo, com 66. Pelé soma 95.





Por: Maurício Costa - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Outras notícias

Comentários