Spigreen
Notícias recentes
17ª Edição da Parada de Diversidade Sexual deve reunir 20 mil pessoas em Cuiabá

17ª Edição da Parada de Diversidade Sexual deve reunir 20 mil pessoas em Cuiabá

access_time14/11/2019 09:25

A 17ª Edição da Parada da Diversidade Sexual será realizada neste sábado (16), em Cuiabá. O tema

Líderes das duas Coreias encerram cúpula com visita a montanha sagrada

Líderes das duas Coreias encerram cúpula com visita a montanha sagrada

access_time20/09/2018 08:18

Kim Jong-un e Moon Jae-in visitaram nesta quinta-feira (20) o símbolo espiritual da Nação coreana, e

Argentina: greve geral atinge vários setores e envolve sociedade civil

Argentina: greve geral atinge vários setores e envolve sociedade civil

access_time25/06/2018 09:19

A Confederação Geral do Trabalho (CGT) anunciou que vai parar a Argentina nesta segunda-feira (25),

Novo ministro da Educação toma posse nesta terça e já participa da primeira reunião ministerial
Bolsonaro vai dar posse ao novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, na tarde desta terça (9) em uma cerimônia no Palácio do Planalto — Foto: Casa Civil, PR

Novo ministro da Educação toma posse nesta terça e já participa da primeira reunião ministerial

Abraham Weintraub foi nomeado para o comando do Ministério da Educação nesta segunda (8). Ele substitui Ricardo Vélez, que deixou a pasta após se envolver em uma série de polêmicas

access_time09/04/2019 08:36

O novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, toma posse no primeiro escalão na tarde desta terça-feira (9), às 14h, em uma cerimônia que contará com a presença do presidente Jair Bolsonaro. Logo após a solenidade, às 14h30, o novo titular do Ministério da Educação (MEC) participa da primeira reunião do Conselho de Governo, que reúne todos os ministros da gestão Bolsonaro.

Economista, Abraham Weintraub foi nomeado ministro da Educação nesta segunda-feira (8) em uma edição extraordinária do "Diário Oficial da União". Ele substituirá o professor Ricardo Vélez Rodríguez na chefia do MEC.

Colombiando naturalizado brasileiro, Vélez protagonizou uma série de polêmicas ao longo dos três meses que comandou o Ministério da Educação.

Ele foi demitido nesta segunda por Bolsonaro após passar o final de semana demissionário, após o presidente da República ter anunciado na última sexta (5) que no início desta semana seria o dia do "fico ou não fico".

Abraham Weintraub já trabalhava no governo Bolsonaro como secretário-executivo da Casa Civil, segundo cargo mais importante da pasta alocada no Palácio do Planalto.

O novo titular do MEC atuou na equipe do governo de transição. Junto com o irmão, Arthur Weintraub, foi responsável pela área de Previdência no período. Os dois foram indicados a Bolsonaro pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

O chefe da Casa Civil conheceu os irmãos Weintraub em um seminário internacional sobre Previdência realizado, em 2017, no Congresso Nacional.

Abraham Weintraub é formado em Ciências Econômicas pela Universidade de São Paulo (1994) e mestre em administração na área de finanças pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Ele é professor licenciado da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e atuou no mercado financeiro por mais de 20 anos. Na iniciativa privada, trabalhou no Banco Votorantim por 18 anos, onde foi economista-chefe e diretor, e foi sócio na Quest Investimentos.





Por: G1 — Brasília

Outras notícias

Comentários